Repositório Digital

A- A A+

Estudo sobre a concepção de flor para educandos de uma escola estadual de educação básica em Porto Alegre, RS

.

Estudo sobre a concepção de flor para educandos de uma escola estadual de educação básica em Porto Alegre, RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo sobre a concepção de flor para educandos de uma escola estadual de educação básica em Porto Alegre, RS
Autor Viola, Mariana Gubert
Orientador Rocha, Joao Batista Teixeira da
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde.
Assunto Aprendizagem
Botânica
Conhecimento científico
Ensino fundamental e médio
Flores
Formação de conceito
Plantas
[en] Botany
[en] Common knowledge
[en] Conception of the flower
[en] Learning
[en] School knowledge
[en] Scientific knowledge
Resumo Este estudo investiga a concepção de flor para educandos de diferentes níveis de escolaridade, em uma escola da rede estadual de ensino, na capital do Rio Grande do Sul, Brasil. Para o processo de aprendizagem, torna-se relevante identificar e considerar a concepção que o aprendiz formula sobre o assunto a ser estudado. Essa concepção revela as relações feitas, nesse caso sobre a flor, evidenciando o que precisa ser desenvolvido para que essa concepção seja reelaborada como conhecimento científico. A pesquisa foi realizada com 199 educandos, distribuídos nos quatro anos do ensino fundamental e nos três anos do ensino médio. Os educandos responderam a um questionário com questões dissertativas e produziram um desenho livre de flor, demonstrando nessas atividades as suas concepções. A avaliação dos resultados demonstrou que, ao pensar em flor, os educandos estabelecem mais relações com os conhecimentos provenientes das relações humanas do que com os conhecimentos das ciências naturais, com exceção dos educandos do terceiro ano do ensino médio, que relacionaram mais palavras de conhecimento de Botânica. Já quando expressaram seus conhecimentos através de um parágrafo explicativo, foi possível constatar que a grande maioria revela a concepção de que a flor é uma plantinha, mas principalmente ela é linda e enfeita a nossa vida. Esse levantamento se mostrou muito importante a fim de diagnosticar a ideia inicial dos educandos sobre a flor, indicando que explorar os conhecimentos humanizados com o objetivo de aproximá- la do seu interesse pode contribuir para a construção de um novo modo de pensar, a partir de informações científicas que permitam localizar a flor como um elemento indispensável para a reprodução das angiospermas, e a sobrevivência de espécies e biomas específicos e, especialmente, para a preservação ambiental.
Abstract This study investigates the conception of the flower for students in different levels of schooling. The project was developed at a public school in the capital of Rio Grande do Sul, Brazil. It is relevant to identify and to consider the conception given from each student about the subject studied for the process of learning. This conception reveals the relation between the students and the flower, showing what it needs for this conception to be known as a scientific knowledge. The research was made with 199 students, divided into four years of fundamental school and three years of middle school. The students responded to the quiz with short answers and produced a freehand drawing flower, showing in their activities your conception. The evaluation of the results demonstrated that when the students think about the flower they establish more relations with the knowledge from the humans’ relations than with the knowledge from natural science. Only the last year middle school students related more words from Botany knowledge. When all students expressed your knowledge through an explanation paragraph, most of them had the same conception: a flower is a little plant, but mainly she is beautiful and decorates our life. This survey it has shown to be very important to demonstrate the students’ initial idea about the flower. These ideas indicate that the exploration of the humanized knowledge can contribute to build a new way of thinking, from the science information that allows thinking about the flower as an indispensable element to the angiosperm’s reproduction, and the survival of species, and the specific biomes, and especially to the environmental preservation.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/49333
Arquivos Descrição Formato
000836677.pdf (4.069Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.