Repositório Digital

A- A A+

Percepção e medidas de gestão de riscos por produtores de arroz irrigado na Fronteira-Oeste do Rio Grande do Sul

.

Percepção e medidas de gestão de riscos por produtores de arroz irrigado na Fronteira-Oeste do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Percepção e medidas de gestão de riscos por produtores de arroz irrigado na Fronteira-Oeste do Rio Grande do Sul
Autor Finger, Maria Isabel Fernandes
Orientador Waquil, Paulo Dabdab
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro de Estudos e Pesquisas em Agronegócios. Programa de Pós-Graduação em Agronegócios.
Assunto Agronegócio
Arroz irrigado
Fronteira Oeste, Região (RS)
Gestão de risco
[en] Perception
[en] Rice growing
[en] Risk management
Resumo A produção agrícola apresenta características particulares, se comparada a outras atividades da economia, sendo uma das mais marcantes a extensão dos riscos aos quais está exposta. O cultivo de arroz (Oryza sativa L.) irrigado, embora pareça menos suscetível a riscos do que as culturas de sequeiro, também está exposto aos riscos inerentes ao exercício da atividade agrícola. Maior produtor mundial de arroz fora da Ásia, o Brasil tem no estado do Rio Grande do Sul seu principal estado produtor, com 65% do total. O objetivo deste trabalho foi analisar como o orizicultor do Rio Grande do Sul percebe os riscos inerentes à sua atividade e quais medidas adota para gerir estes riscos. O método empregado envolveu a aplicação presencial de questionários semiestruturados em orizicultores, de acordo com uma amostra não probabilística definida. Os resultados indicaram que os orizicultores atribuem maior relevância aos riscos socioeconômicos do que aos de produção, na percepção atual. Quando comparada a percepção atual dos orizicultores em relação à de cinco anos atrás, observou-se um aumento da relevância dos riscos de mercado e institucionais. Evidencia-se, assim, a importância da gestão do negócio por parte dos orizicultores do Rio Grande do Sul, para que sua atividade produtiva esteja organizada de modo a ocorrer de forma integrada com os demais elos da cadeia produtiva do arroz. A menor relevância atribuída pelos orizicultores aos riscos de produção, na percepção atual, pode indicar que as técnicas produtivas já estejam consolidadas. Em se tratando de medidas de gestão de riscos, a busca de informação é adotada pela maioria dos orizicultores e foi considerada relevante; no entanto, há indicativos de que a aplicação desta informação ainda pode ser melhorada. Os orizicultores percebem a importância e a necessidade de reduzir custos sem, no entanto, formalizar a maneira de fazê-lo. A redução de custos pode ser uma alternativa para mitigação de riscos de mercado, apontados como os mais relevantes pelos orizicultores. A percepção dos orizicultores sobre as fontes de risco inerentes à sua atividade e sobre as medidas para mitigá-las pode representar o alicerce na formulação de estratégias de gestão de riscos.
Abstract Agricultural production has many different influencing factors compared to other economic areas. One of the most striking is the extent of the risks to which it is exposed. Irrigated rice (Oryza sativa L.) cultivation, although seeming less susceptible to risk than non-irrigated crops, is also exposed to risks related to agricultural practices. World's largest producer of rice outside Asia, Brazil has the state of Rio Grande do Sul as its main producer, reaching 65% of the total amount. The aim of this study was to analyze how rice farmers in Rio Grande do Sul realize the risks of their activity and what measures they take to manage such risks. Methodology involved the administration of a semi-structured questionnaire with rice farmers, according to a non-probabilistic sample. The results indicated that rice farmers attach greater relevance to economic and social risks in their current perception, rather than to production related ones. Comparing rice growers’ current perception with that of five years ago, an increase on the relevance of market and institutional risks was observed. Thus, one realizes the importance of business management by rice farmers in Rio Grande do Sul, in order to organize their activity to take place in an integrated manner with others links of the rice production chain. The lowest relevance ascribed to production-related risks in the current perception may indicate that production techniques have already been consolidated. Regarding measures for risk management, information seeking is adopted for most rice farmers and was considered relevant; however, there is evidence that the applicability of this information can still be improved. Rice growers realize the importance and the need to reduce costs without, however, formalizing a way of doing it. Costs reduction may be an option to mitigate market risks, identified as the most relevant by the rice growers. Rice growers´ perception on the risk sources inherent to their activity and on measures to mitigate them may represent the foundation for formulating risk management strategies.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/49362
Arquivos Descrição Formato
000836343.pdf (1.582Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.