Repositório Digital

A- A A+

Limites e alternativas para a implementação de um programa para dependentes químicos em risco para infecção pelo HIV utilizando o conceito de rede social

.

Limites e alternativas para a implementação de um programa para dependentes químicos em risco para infecção pelo HIV utilizando o conceito de rede social

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Limites e alternativas para a implementação de um programa para dependentes químicos em risco para infecção pelo HIV utilizando o conceito de rede social
Autor Pechansky, Flavio
Halpern, Silvia Chwartzmann
Soibelman, Mauro
Bicca, Carla Hervé Moran
Szobot, Claudia Maciel
Lima, Ana Flavia Barros da Silva
Shiba, Akemi Scarlet
Resumo Os autores descrevem as etapas de execução de um programa de ações preventivas para usuários de drogas sob risco de infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV), utilizando como paradigma de intervenção um modelo de abordagem de redes sociais. São descritos os passos de instalação do projeto dentro de um grande hospital universitário do sul do Brasil, com ênfase nos métodos e técnicas originais desenvolvidos pela equipe de atendimento. As dificuldades de implementação do projeto são discutidas ao longo das seções, buscando identificar os motivos pelos quais o programa obteve êxito apenas parcial. Os autores destacam alguns pontos críticos, tais como a utilização de uma técnica ainda não difundida em nosso meio, a dificuldade de reter em tratamento usuários de drogas injetáveis, a falta de estrutura para atendimentos imediatos, e as dificuldades em motivar equipes e pacientes para o tratamento. Ao final do texto, são feitas sugestões com o objetivo de facilitar o desenvolvimento de novos projetos que busquem utilizar o mesmo modelo conceitual.
Abstract The authors describe the development of a preventive program focused on intravenous drug users at risk of HIV infection, using the Social Network Approach as the intervention model. The authors describe the project’s steps in a large university hospital in southern Brazil, emphasizing the unique methods and techniques developed by the treatment staff. Problems encountered during the project development are discussed, aimed at identifying the reasons why the program only achieved partial success. The authors identify critical issues, such as the use of a new technique not previously tried in Brazil, difficulties in maintaining IV drug users in treatment, lack of infrastructure for walk-in treatment, and the challenge of motivating staff and patients to continue treatment. The authors conclude by listing suggestions aimed at facilitating the development of new projects based on the same conceptual model.
Contido em Cadernos de saúde pública. Rio de Janeiro. vol. 17, n. 1 (jan./fev. 2001), p. 195-204
Assunto Apoio social
Efeitos adversos
HIV
Síndrome de imunodeficiência adquirida
Transtornos relacionados ao uso de substâncias
[en] Acquired immunodeficiency syndrome
[en] Community networks
[en] Substance abuse
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/49499
Arquivos Descrição Formato
000285027.pdf (78.07Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.