Repositório Digital

A- A A+

Análise do impacto econômico-assistencial de duas abordagens para redução de custos em um plano odontológico de autogestão

.

Análise do impacto econômico-assistencial de duas abordagens para redução de custos em um plano odontológico de autogestão

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise do impacto econômico-assistencial de duas abordagens para redução de custos em um plano odontológico de autogestão
Outro título The impact on costs and care of two approaches to reduce employees' dental plan expenses in a private company
Autor Costa Filho, Luiz Cesar da
Duncan, Bruce Bartholow
Polanczyk, Carisi Anne
Sória, Marina Lara
Habekost, Ana Paula
Costa, Carolina Covolo da
Resumo O presente estudo avaliou a assistência odontológica fornecida a cerca de 4 mil funcionários e dependentes de um hospital privado. A análise foi dividida em três momentos: (1) linha de base (controle): quando a assistência odontológica fornecida era terceirizada por uma empresa que operava com rede credenciada, (2) quando houve uma renegociação de preços com a prestadora original e (3) quando a assistência era feita por um serviço de odontologia próprio sem a intermediação de uma prestadora e com profissionais remunerados através de valores fixos. Foram coletados mensalmente dados econômicos e sobre o tipo e número de procedimentos realizados. A renegociação de preços reduziu os custos em cerca de 37% em relação à linha de base, ao passo que o serviço próprio reduziu os custos em 50%. A renegociação de preços provocou uma diminuição de 31% no número de procedimentos realizados sem modificar o perfil da assistência, ao passo que o serviço próprio não causou diminuição na quantidade de serviços, mas modificou o padrão da assistência, pois se aumentaram os procedimentos relacionados com as causas das patologias e reduziramse os procedimentos cirúrgico-restauradores.
Abstract The present study evaluated the dental care plan offered to 4,000 employees of a private hospital and their respective families. The analysis covered three stages: (1) baseline (control), when dental care was provided by an outsourced company with a network of dentists paid for services, (2) a renegotiation of costs with the original dental care provider, and (3) provision of dental care by the hospital itself, through directly hired dentists on regular salaries. Monthly economic and clinical data were collected for this research. The dental plan renegotiation reduced costs by 37% in relation to baseline, and the hospital’s own dental service reduced costs by 50%. Renegotiation led to a 31% reduction in clinical procedures, without altering the dental care profile; the hospital’s own dental service did not reduce the total number of clinical procedures, but modified the profile of dental care, since procedures related to the causes of diseases increased and surgical/restorative procedures decreased.
Contido em Cadernos de saúde pública. Rio de Janeiro. Vol. 24, n. 5 (maio 2008), p. 1071-1081
Assunto Planejamento em saúde
Saúde bucal
[en] Cost saving
[en] Deutar insurence
[en] Health planning
[en] Oral health
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/49578
Arquivos Descrição Formato
000642761.pdf (236.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.