Repositório Digital

A- A A+

Coleito no primeiro semestre de vida : prevalência e fatores associados

.

Coleito no primeiro semestre de vida : prevalência e fatores associados

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Coleito no primeiro semestre de vida : prevalência e fatores associados
Outro título Bed-sharing in the first semester of life : prevalence and associated factors
Autor Issler, Roberto Mario Silveira
Giugliani, Elsa Regina Justo
Marostica, Paulo José Cauduro
Nieto, Fabiane Batisttella
Milani, Adriana Rosa
Wolmeister, Anelise Schifino
Scherer, Mateus Breitenbach
Pires, Daniela Oliveira
Oliveira, Marcia Nunes
Pinto, Danusa Graeff Chagas
Sarturi, Bianca Fernandes
Smidt, Luis Felipe Silva
Villetti, Manoela Chitolina
Resumo Esse estudo tem o objetivo de verificar a prevalência de coleito de mães e lactentes e fatores associados em população urbana no Sul do Brasil. Trata-se de estudo transversal aninhado em uma coorte de 233 duplas de mãe-filho selecionadas na maternidade do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Quando a criança completava 3 e 6 meses de vida, coletavam-se, em visitas domiciliares, dados sobre prática do coleito e variáveis associadas. O desfecho principal foi o compartilhamento do espaço de dormir entre a criança e sua mãe. Variáveis com p < 0,2 na análise bivariada entraram em modelo de regressão de Poisson. Aos 3 e 6 meses, 31,2% e 28,5% das crianças dormiam junto com suas mães à noite. Aos 3 meses, a prevalência foi maior entre mães sem companheiro (RP: 1,56; IC95%: 1,01- 2,39) e em coabitação quando com a avó materna da criança (RP: 1,70; IC95%: 1,09-2,65). A prevalência de coleito aos três meses na população estudada é alta, associando-se à mãe sem companheiro e coabitação com a avó materna.
Abstract The aim of this study was to verify the prevalence of bed-sharing and factors associated with this sleeping environment in an urban population in Southern Brazil. This was a cross-sectional nested cohort study with 233 mother-infant pairs selected at the maternity ward of the University Hospital in Porto Alegre. When the infant was 3 and 6 months old, home visits were performed to collect data on bed-sharing and associated variables. The main outcome was the place shared by the mother and infant for sleeping. Variables with p < 0.2 were included in a Poisson regression model. At 3 and 6 months, 31.2% and 28.5% of infants slept with their mothers at night. At 3 months, prevalence was higher for single mothers (PR: 1.56; CI: 1.01-2.39) and mothers sharing the home with the infant’s maternal grandmother (PR: 1.70; CI: 1.09-2.65). Prevalence of bed-sharing at 3 months was high and associated with single mothers and sharing the home with the infant’s maternal grandmother.
Contido em Cadernos de saúde pública. Rio de Janeiro. Vol. 26, n. 5 (maio 2010), p. 942-948
Assunto Criança
Cuidado do lactente
[en] Bedsharing
[en] Infant
[en] Infant care
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/49609
Arquivos Descrição Formato
000758618.pdf (81.28Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.