Repositório Digital

A- A A+

Uso de medicamentos entre idosos residentes em áreas urbanas e rurais de município no Sul do Brasil : um estudo de base populacional

.

Uso de medicamentos entre idosos residentes em áreas urbanas e rurais de município no Sul do Brasil : um estudo de base populacional

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Uso de medicamentos entre idosos residentes em áreas urbanas e rurais de município no Sul do Brasil : um estudo de base populacional
Outro título Use of medication by the elderly in urban and rural areas in southern Brazil : a population-based study
Autor Dal Pizzol, Tatiane da Silva
Pons, Emilia da Silva
Hugo, Fernando Neves
Bozzetti, Mary Clarisse
Sousa, Maria da Luz R. de
Hilgert, Juliana Balbinot
Resumo O objetivo foi verificar a prevalência de uso de medicamentos e de polifarmácia entre idosos de Carlos Barbosa, Rio Grande do Sul, Brasil, e comparar as características sociodemográficas e de saúde associadas ao uso, segundo o local de moradia. Foi avaliada uma amostra aleatória de 811 idosos com 60 anos ou mais, moradores na área urbana ou rural. Dados sociodemográficos, doenças crônicas, qualidade de vida e medicamentos autorreferidos foram coletados em entrevistas presenciais. Associação entre local de moradia e uso de medicamentos ou polifarmácia, ajustada para potenciais confundidores, foi avaliada por regressão de Poisson com ajuste robusto da variância. A prevalência de uso de medicamentos e de polifarmácia foi maior entre os idosos urbanos. Morar na área urbana apresentou associação positiva e independente com uso de medicamentos (RP = 1,10; IC95%: 1,02-1,20) e polifarmácia (RP = 1,83; IC95%: 1,27-2,65). Morar na área urbana está associado à maior prevalência de uso de medicamentos e de polifarmácia entre idosos.
Abstract The study aimed to measure use of medication and polypharmacy among the elderly in Carlos Barbosa, Rio Grande do Sul State, Brazil, and to compare socio-demographic, economic, and health characteristics in relation to area of residence (urban versus rural) in a random sample of 811 persons 60 year of age or older. Interviews were used to collect data on socio-demographic characteristics, chronic illnesses, and self-reported use of medications. The association between area of residence and medication or polypharmacy was adjusted for confounders using Poisson regression with robust variance. Prevalence rates for use of medication and polypharmacy were higher among older persons living in the urban area. Living in the urban area was positively and independently associated with use of medication (PR = 1.10; 95%CI: 1.02-1.20) and polypharmacy (PR = 1.83; 95%CI: 1.27-2.65) in this group of elderly in southern Brazil.
Contido em Cadernos de saúde pública. Rio de Janeiro. Vol. 28, n. 1 (jan. 2012), p. 104-114
Assunto Farmacologia e terapeutica
Gerontologia
Idosos
Uso de medicamentos
[en] Aged
[en] Drug utilization
[en] Health services accessibility
[en] Rural health
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/49616
Arquivos Descrição Formato
000821832.pdf (90.33Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.