Repositório Digital

A- A A+

Tendência da proporção de baixo peso ao nascer, no período de 1994-2004, por microregião do Rio Grande do Sul, Brasil : uma análise multinível

.

Tendência da proporção de baixo peso ao nascer, no período de 1994-2004, por microregião do Rio Grande do Sul, Brasil : uma análise multinível

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Tendência da proporção de baixo peso ao nascer, no período de 1994-2004, por microregião do Rio Grande do Sul, Brasil : uma análise multinível
Outro título Trends in the proportion of low birth weight from 1994 to 2004 in Rio Grande do Sul State, Brazil : a multilevel analysis
Autor Moraes, Anaelena Bragança de
Zanini, Roselaine Ruviaro
Giugliani, Elsa Regina Justo
Riboldi, João
Resumo O objetivo deste estudo ecológico longitudinal foi analisar a tendência da proporção de baixo peso ao nascer no Rio Grande do Sul, Brasil, de 1994 a 2004, utilizando a análise de dados de painel e regressão linear multinível (dois níveis: microrregião e tempo (anos)) para estimar os fatores de risco associados à proporção de baixo peso ao nascer. A proporção de baixo peso ao nascer teve um crescimento anual de 1,2%, e o modelo multinível mostrou que as proporções diferem entre as microrregiões e aumentam em associação com os anos, com o aumento do percentual de prematuros, com o aumento do coeficiente de mortalidade infantil e com o aumento do percentual de cesarianas. Entre as microrregiões, as proporções de baixo peso ao nascer variam positivamente com o percentual de urbanização, com os gastos com o Sistema Único de Saúde e negativamente com o percentual de participação na atividade econômica. O modelo multinível mostrou que a maior parte da variação nas proporções de baixo peso ao nascer se deve aos efeitos da microrregião de moradia da mãe do nascido vivo.
Abstract The aim of this longitudinal ecological study was to analyze the trend in the proportion of low birth weight in Rio Grande do Sul State, Brazil, from 1994 to 2004 by panel data analysis and multilevel linear regression (two levels: by microregion and time in years) to estimate risk factors associated with low birth weight. The proportion of low birth weight increased by 1.2% per year, and the multilevel model showed that the proportions differed between the micro-regions and increased over time, with the increase in the percentage of premature newborns, with the increase in the infant mortality rate, and with the increase in the cesarean rate. Among the microregions, the proportions of low birth weight varied positively with the urbanization rate and expenditures in the Unified National Health System and negatively with rate of participation in the workforce. According to the multilevel model, most of the variation in proportions of low birth weight was due to the effects of the micro-region of residence of the newborn’s mother.
Contido em Cadernos de saúde pública = Reports in public health. Rio de Janeiro. Vol. 27, no. 2 (fev. 2011), p. 229-240.
Assunto Estatística aplicada : Medicina
Modelo multinível
Recém-nascido de baixo peso
[en] Information systems
[en] Low birth weight
[en] Multilevel analysis
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/49617
Arquivos Descrição Formato
000778021.pdf (247.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.