Repositório Digital

A- A A+

Consumo de dentifrício e fatores associados em um grupo populacional brasileiro

.

Consumo de dentifrício e fatores associados em um grupo populacional brasileiro

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Consumo de dentifrício e fatores associados em um grupo populacional brasileiro
Outro título Consumption of toothpaste and associated factors in a Brazilian population group
Autor Colussi, Paulo Roberto Grafitti
Haas, Alex Nogueira
Oppermann, Rui Vicente
Rösing, Cassiano Kuchenbecker
Resumo Este estudo transversal avaliou o consumo de dentifrício fluoretado e fatores associados em Passo Fundo, Rio Grande do Sul, Brasil. Seiscentos e oitenta e oito domicílios foram selecionados. Um questionário estruturado foi respondido pela mãe para obter dados demográficos, hábitos e consumo de dentifrício. O consumo foi avaliado por intermédio da duração de um tubo de dentifrício e considerado baixo (duração ≥ 1 mês) e alto (duração < 1 mês). Modelos de regressão logística avaliaram a associação do consumo com variáveis independentes. Foi observado que 61,2% dos domicílios apresentaram alto consumo de dentifrício. No modelo multivariado, idade da mãe ≥ 50 anos (OR = 1.62; IC95% 1,02-2,61), frequência de escovação da mãe (OR = 2,53; IC95%: 1,53-4,16), número de moradores que utilizam escova (OR = 5,69; IC95%: 3,68-8,81) e motivo cosmético para escolha do dentifrício (OR = 1,64; IC95%:1,03-2,61) representaram maior chance de alto consumo de dentifrício. Conclui-se que a maioria dos domicílios apresenta consumo elevado de dentifrício, associado com idade e frequência de escovação da mãe, número de moradores e motivos de escolha.
Abstract This cross-sectional study evaluated the consumption of fluoridated dentifrice and associated factors in Passo Fundo, Rio Grande do Sul State, Brazil. A total of 688 households were selected. A structured questionnaire was answered by the mother to obtain demographics, habits, and toothpaste consumption. Household toothpaste consumption was considered low when a tube lasted ≥ 1 month and high when < 1 month. Logistic regression models were applied to evaluate the association between consumption and independent variables. 61.2% of households showed high toothpaste consumption. In the multivariate model, mother’s age ≥ 50 years (OR = 1.62; 95%CI: 1.02-2.61), mother’s brushing frequency (OR = 2.53; 95%CI: 1.53-4.16), number of people brushing (OR = 5.69; 95%CI: 3.68-8.81), and cosmetic features in choice of the dentifrice (OR = 1.64; 95%CI: 1.03-2.61) showed the highest odds of high toothpaste consumption.
Contido em Cadernos de saúde pública. Rio de Janeiro, RJ. Vol. 27, n. 3 (mar. 2011), p. 546-554
Assunto Dentifricios : Fluor
Higiene bucal
[en] Dentifrices
[en] Fluorine
[en] Oral health
[en] Risk
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/49621
Arquivos Descrição Formato
000776577.pdf (98.07Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.