Repositório Digital

A- A A+

Um estudo acerca da representação semântico-lexical no modelo da gramática discursivo-funcional

.

Um estudo acerca da representação semântico-lexical no modelo da gramática discursivo-funcional

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Um estudo acerca da representação semântico-lexical no modelo da gramática discursivo-funcional
Autor Lara, Leandro Zanetti
Orientador Abreu, Sabrina Pereira de
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Análise lingüística
Gramática funcional
Lexicografia
Língua portuguesa
Semântica
Resumo Esta tese objetiva apresentar um estudo acerca da representação lexical, de uma forma geral, e do tratamento da semântica lexical, em específico, no âmbito da Gramática Discursivo-Funcional (HENGEVELD, 2000, 2004a, 2006; HENGEVELD e MACKENZIE, 2006; 2008), tomando como crivo para este estudo os dados em português brasileiro, sobretudo no que tange ao comportamento sintático dos adjetivos com respeito a seu conteúdo semântico. Uma vez que a Gramática Discursivo-Funcional foi erigida sob a égide da adequação pragmática, perseguida desde os tempos da GF de Dik (1978, 1997), que estipula que a configuração morfossintática e fonológica, ou seja, a codificação estrutural é uma decorrência das representações pragmático-semânticas, nossa indagação girou em torno do papel que a semântica dos itens lexicais apresenta neste modelo. Tal se deve ao fato de identificarmos fenômenos linguísticos de codificação sintática, por exemplo, que estão mais ligados ao conteúdo dos itens do léxico do que a uma semântica frasal ou textual, enfim, composicional. Nosso ponto de apoio para a análise foi o comportamento sintático dos adjetivos do português brasileiro, que se mostra intimamente atrelado ao sentido por eles vinculado. Recolhemos um corpus textual de crítica de arte em português brasileiro, para analisar que subclasses semânticas estavam atuando nos exemplos e como eram expressas sintaticamente. Os dados apontam que a representação do léxico na Gramática Discursivo- Funcional ganharia em poder explanatório se evidenciasse a organização interna do léxico, que parece apresentar regras de formação lexical, bem como uma definição semântica que motiva diretamente o comportamento morfossintático de seus itens.
Abstract This dissertation aims to present a study on lexical representation, in general, and on the treatment of lexical semantics, in particular, within the framework of Functional Discourse Grammar (HENGEVELD, 2000, 2004a, 2006; HENGEVELD; MACKENZIE, 2006, 2008) using data of Brazilian Portuguese, especially in relation to the syntactic behavior of adjectives regarding their semantic content. Since Functional Discourse Grammar is based on pragmatic adequacy, pursued since the FG by Dik (1978, 1997), which stipulates that the phonological and morphosyntatic configuration, that is, the structural encoding, is a result of pragmatic-semantic representations, our inquiry discussed the role performed by the semantic of lexical items in this model. The reason for this choice is the identification of linguistic phenomena of syntactic encoding, for instance, which are more linked to the semantic content of the lexical items instead of to phrasal or text semantics, that is, compositional semantics. Our point of support for the analysis was the syntactic behavior of Brazilian Portuguese adjectives which is closely related to the sense they present. We collected a corpus of art criticism in Brazilian Portuguese in order to analyze adjectival semantic subclasses that were acting in the examples and the way they were expressed syntactically. The data indicate that the lexical representation in Functional Discourse Grammar would be more precise in terms of explanatory power if it showed the internal organization of the lexicon, which seems to present rules of lexical formation as well as meaning definitions that directly motivate the syntactic behavior of the adjectival lexical items.
Resumen Esta tesis tiene como objetivo presentar un estudio sobre la representación léxica, en general, y el tratamiento de la semántica léxica, en particular, en la Gramática Discursivo-Funcional (HENGEVELD, 2000, 2004a, 2006; HENGEVELD; MACKENZIE, 2006, 2008), tomando como base para este estudio datos del portugués de Brasil, especialmente en relación con el comportamiento morfosintáctico de los adjetivos con respecto a su contenido semántico. Una vez que la Gramática Discursivo-Funcional fue construida bajo los auspicios de la adecuación pragmática, perseguida desde los días de la GF de Dik (1978, 1997), que estipula que la configuración fonológica y morfosintáctica, es decir, la estructura de codificación es el resultado de las representaciones pragmático-semánticas, nuestra investigación ha girado en torno al papel que la semántica de las unidades léxicas presentan en este modelo. Esto se debe al hecho de que identificamos fenómenos lingüísticos de codificación sintáctica, por ejemplo, que están vinculados directamente al contenido de la semántica lexical, y no solo de la semántica composicional. Nuestro punto de apoyo para el análisis fue el comportamiento sintáctico de los adjetivos del portugués de Brasil, que está estrechamente ligada al influjo del contenido léxico. Hemos recogido un corpus de crítica de arte en portugués de Brasil, para analizar las subclases semánticas presentes en los ejemplos y la forma en que se expresan sintácticamente. Los datos indican que la representación léxica de la Gramática Discursivo- Funcional ganaría en poder explicativo se tuviera también una representación de la organización interna del léxico, que parece contener reglas léxicas de formación, así como definiciones semánticas que motivan el comportamiento sintáctico de los elementos léxicos adjetivales.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/49685
Arquivos Descrição Formato
000829366.pdf (1.158Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.