Repositório Digital

A- A A+

Tradução e adaptação transcultural do instrumento Edmonton Symptom Assessment System para uso em cuidados paliativos

.

Tradução e adaptação transcultural do instrumento Edmonton Symptom Assessment System para uso em cuidados paliativos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Tradução e adaptação transcultural do instrumento Edmonton Symptom Assessment System para uso em cuidados paliativos
Autor Monteiro, Daiane da Rosa
Orientador Almeida, Miriam de Abreu
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Assistência à saúde
Cuidados de enfermagem
Cuidados paliativos
Escalas
Neoplasias
[en] Nursing
[en] Palliative care
[en] Scales
[es] Cuidados paliativos
[es] Enfermería
[es] Escalas
Resumo O objetivo deste estudo foi realizar a tradução e adaptação transcultural, para o português do Brasil, do instrumento Edmonton Symptom Assessment System (ESAS-r) para uso em Cuidados Paliativos. A ESAS-r é uma versão revisada do instrumento ESAS e foi desenvolvida no Canadá por pesquisadoras que estudam a temática dos Cuidados Paliativos. A ESAS-r consiste de uma escala visual numérica, com gradação de zero a 10, para avaliar nove sintomas (pain, tiredness, nausea, depression, anxiety, drowsiness, appetite, shortness of breath, wellbeing) e um sintoma adicional considerado relevante para o paciente. Utilizou-se o referencial metodológico de Beaton et al (2000) para realização do estudo, composto de seis etapas: tradução, realizada por dois tradutores independentes; síntese das duas traduções; retrotradução, por outros dois tradutores; revisão por comitê de especialistas, com a intenção de avaliar as equivalências semântica, idiomática, experimental e conceitual; pré-teste, composto por 30 participantes, sendo eles 10 pacientes, 10 familiares e 10 enfermeiras; e submissão da versão traduzida aos autores do instrumento original. Como resultado foram realizadas algumas alterações no título, enunciado e em determinados termos do instrumento para adequação da gramática e vocabulário brasileiros. De forma geral, a maioria dos participantes entendeu o significado das palavras referidas na versão traduzida da ESAS-r. Houve somente uma dúvida com relação ao termo náusea. Foi sugerida a inserção de uma explicação sobre o significado da palavra náusea, assim como recomendada a padronização do termo Sem na coluna à esquerda do instrumento e a substituição da palavra depressão por tristeza. Esta Escala poderá ser utilizada tanto por pacientes, quanto por familiares e profissionais da saúde. Entretanto, para que isso ocorra, é necessária a validação do instrumento com a verificação das propriedades psicométricas.
Abstract The objective of this study was to realize the translation and the cross-cultural adaptation to Brazilian Portuguese, of the instrument Edmonton Symptom Assessment System (ESAS-r) for use in palliative care. The ESAS-r is a revised version of the instrument ESAS and it was developed in Canada by researchers who study the topic palliative care. The ESAS-r consists of a visual numeric scale, graded from zero a 10, to evaluate nine symptoms (pain, tiredness, nausea, depression, anxiety, drowsiness, appetite, shortness of breath, wellbeing) and an additional symptom considered relevant to the patient. We used the methodological approach of Beaton et al (2000) for the study composed of six steps: translation, performed by two independent translators; synthesis of the two translations, back translation by two translators, review by the expert committee, with the intention of evaluating the semantic, idiomatic, experimental and conceptual equivalence, pre-test consisting of 30 participants, among them 10 patients, 10 relatives and 10 nurses, and submission of translated version to the authors of the original instrument. As result some changes were made in the title, statement and some terms of the instrument in order to assure adequacy to grammar and vocabulary. In general, most study participants understood the meaning of those words in the translated version of the ESAS-r. There was only one question regarding the term nausea. It was suggested the inclusion of an explanation of the meaning of nausea, as well as recommended the standardization of term No in the left column of the instrument and the replacement of the word Depression for Sadness. This scale can be used both by patients and by relatives and health professionals, but for this to occur it is necessary to validate the instrument, with verification of psychometric properties.
Resumen El objetivo de este estudio fue la traducción y adaptación cultural para el portugués de Brasil, del instrumento Edmonton Symptom Assessment System (ESAS-r) para su uso en los cuidados paliativos. El ESAS-r es una version revisada del instrumento ESAS y fue desarrollado en Canadá por los investigadores que estudian el tema Cuidados Paliativos. El ESAS-r es una escala visual, graduada de cero a 10, para evaluar nueve síntomas (pain, tiredness, nausea, depression, anxiety, drowsiness, appetite, shortness of breath, wellbeing) y un síntoma adicional que se considere relevante para el paciente. Se utilizó el marco metodológico de Beaton et al (2000) para el estudio, compuesto de seis pasos: traducción, realizada por dos traductores independientes; síntesis de las dos traducciones, retro traducción por dos traductores, la revisión por el comité de expertos, con la intención de evaluar las equivalencias semántica, idiomática, experimental y conceptual, previa a la prueba que consta de 30 participantes, entre ellos 10 pacientes, 10 familiares y 10 enfermeras, y la presentación de la versión traducida a los autores del instrumento original. Como resultado de ello se hicieron algunos cambios en el título, la declaración y el instrumento a ciertos términos de la adecuación de la gramática y el vocabulario. En general, la mayoría de los participantes en el estudio comprendió el significado de esas palabras en la versión traducida de la ESAS-r. Había una sola pregunta con respecto a las náuseas plazo. Se sugirió la inclusión de una explicación del significado de la palabra náuseas, así como recomienda la estandarización de la palabra Sin en la columna de la izquierda del instrumento y la sustitución de la palabra Depresión para la Tristeza. Esta escala puede ser utilizado tanto por los pacientes y familiares y profesionales de la salud, pero para que esto ocurra es necesario validar el instrumento, con la verificación de las propiedades psicométricas.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/49686
Arquivos Descrição Formato
000850873.pdf (1.770Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.