Repositório Digital

A- A A+

Estresse ocupacional do enfermeiro : fatores estressantes do trabalho em hospital

.

Estresse ocupacional do enfermeiro : fatores estressantes do trabalho em hospital

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estresse ocupacional do enfermeiro : fatores estressantes do trabalho em hospital
Autor Souza, Cátia
Orientador Fertig, Adriana
Data 2008
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Enfermagem : Estresse profissional
Estresse ocupacional
Resumo Enquanto aluna percebi que no trabalho do enfermeiro existem inúmeros enfrentamentos, como envolvimento emocional com os pacientes e familiares, que é inevitável. As tarefas assistenciais, administrativas e educacionais que desempenham durante seu trabalho são imensas. Este estudo buscou fazer uma pesquisa bibliográfica do tipo exploratório descritivo acerca do estresse, principalmente o estresse ocupacional e suas conseqüências, ou seja, conhecer os principais fatores desencadeantes do estresse durante as atividades do enfermeiro no hospital. Para tanto busquei pesquisa em livros, dissertações, teses, revistas, jornais e periódicos através de base de dados eletrônicos. Utilizando publicações como referencial teórico de 1997 a 2008. Foram excluídos os textos referentes ao estresse do enfermeiro em unidades básicas de saúde, atendimento pré-hospitalar e referente somente aos auxiliares e técnicos de enfermagem. Os trabalhos utilizados apontam inúmeros fatores que causam estresse durante o trabalho do enfermeiro como sobrecarga de tarefas, escala de trabalho, enfrentar a morte, falta de reconhecimento, relacionamento com a equipe multiprofissional, com os familiares, entre outros. Estes acabam ocasionando problemas de saúde entre os quais estão problemas músculo-esqueléticos, cardiovasculares, gastrintestinais entre outros. Foi possível constatar que a profissão realmente é estressante, mas que os enfermeiros buscam estratégias de enfrentamento como atividade física, relacionamento com familiares, sair com amigos, pensar em Deus, lazer, entre outros visando diminuir este estresse. Conclui-se com isto que é importante estudar mais o assunto buscando pesquisa de campo, para que os fatores que ocasionam estresse possam ser minimizados.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/49690
Arquivos Descrição Formato
000669031.pdf (356.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.