Repositório Digital

A- A A+

Análise comparativa de retornos e prêmios de risco entre os níveis de listagem das empresas no mercado de ações brasileiro

.

Análise comparativa de retornos e prêmios de risco entre os níveis de listagem das empresas no mercado de ações brasileiro

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise comparativa de retornos e prêmios de risco entre os níveis de listagem das empresas no mercado de ações brasileiro
Autor Barbosa, Rafael Freitas
Orientador Kloeckner, Gilberto de Oliveira
Data 2012
Nível Mestrado profissional
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Economia.
Assunto Brasil
Governança corporativa
Mercado de ações
Risco financeiro
[en] Corporate governance
[en] Opportunity cost
[en] Performance indicators
[en] Return
[en] Risk
[en] Risk premium
[en] Stock exchange
[en] Stock market
Resumo A presente investigação científica discorre acerca da análise comparativa dos segmentos Tradicional, Nível 1, Nível 2 e Novo Mercado da bolsa de valores brasileira. As bases do estudo estão calcadas nas relações entre retornos, risco e prêmios de risco em cada segmento. Para o alcance desse objetivo, foram organizadas carteiras teóricas, cada uma composta por ações de empresas listadas nos segmentos citados do mercado à vista. O intervalo de tempo delimitador dos dados amostrais compreende o período de janeiro de 2005 a dezembro de 2010 e possui características cíclicas - típicas desse ambiente de negócios - de crescimento, de queda brusca provocada pelos efeitos da crise de 2008 e de recuperação lenta na valorização dos preços das ações. Isso enriquece as conclusões ao se examinar comparativamente as referidas carteiras teóricas à luz de ciclos distintos do risco sistemático. As conclusões corroboram parcialmente os fundamentos da governança corporativa ao evidenciar que, de todos os portfolios compostos por empresas que adotam as boas práticas de governança, somente o Novo Mercado de fato gera redução das incertezas, acarretando a diminuição do risco e elevados retornos, absolutos e excessivos, relativamente ao portfolio composto por empresas listadas no Tradicional e à média do mercado, a qual é dada pelo Ibovespa. Os níveis 1 e 2, apesar das empresas que os compõem adotarem regras de governança corporativa, não obtêm resultados de acordo com as expectativas geradas justamente por desenvolverem processos de maior transparência e respeito aos acionistas. As evidências apontam que as razões do fato supramencionado residem no estágio inicial de desenvolvimento no qual se encontram o mercado de ações brasileiro e a economia nacional pós-Plano Real, além de haver número reduzido de empresas listadas principalmente nos níveis 1 e 2. Análises futuras poderão estar mais bem alicerçadas a partir da expansão do mercado, a qual ainda é tímida, embora sejam inquestionáveis seus resultados econômico-financeiros na melhoria do bem-estar social.
Abstract This scientific investigation centers on a comparative analysis of the Traditional, Level 1, Level 2 and Novo Mercado listing segments of the Brazilian stock exchange. The study is based on the relationships among the return, risk and risk premium of each segment. For this, theoretical portfolios were created, with each composed of the stocks of companies listed on these segments in the spot market. The time interval of the sample data consists of the period from January 2005 to December 2010 and features the cyclical characteristics (which are typical in this business environment) of growth, the sharp declines caused by the 2008 crisis and the slow recovery in stock prices, with the comparison of these portfolios in the context of the different cycles of systemic risk enriching the conclusions. The conclusions partially corroborate the fundamentals of corporate governance by demonstrating that of all the portfolios formed by companies that adopt good governance practices, only the Novo Mercado in fact generates a reduction in uncertainties, with lower risks and higher absolute and excessive returns in relation to the portfolio formed by companies listed in the Traditional segment and to the industry average, as indicated by the Ibovespa. Although their component companies adopt more stringent corporate governance rules, the Level 1 and 2 segments have not obtained results that are consistent with the expectations they have generated by their adoption of processes marked by greater transparency and respect for shareholders. The evidence suggests that the reasons for this are the initial stage of development of Brazil’s stock market and the country’s economy following the implementation of the Real Plan, as well as the low number of listed companies in the Level 1 and 2 segments. Future analyses could enjoy more solid support due to the market’s growth, which remains timid. However, the financial results unquestionably contribute to improving the well-being of society.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/49822
Arquivos Descrição Formato
000828390.pdf (705.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.