Repositório Digital

A- A A+

Regulação e reprodução do sistema socioeconômico : análise da trajetória do desenvolvimento paraguaio

.

Regulação e reprodução do sistema socioeconômico : análise da trajetória do desenvolvimento paraguaio

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Regulação e reprodução do sistema socioeconômico : análise da trajetória do desenvolvimento paraguaio
Autor Lamberti, Eliana
Orientador Faria, Luiz Augusto Estrella
Data 2011
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Economia.
Assunto Desenvolvimento econômico
Desenvolvimento social
História econômica
Instituições
Paraguai
Teoria da regulação
[en] Institutional forms
[en] Resistance to changes
[en] Social-economic development trajectory
Resumo Este trabalho tem por objetivo analisar as especificidades da economia paraguaia no contexto latino-americano, explorando sua complexidade socioeconômica. A relevância do tema deve-se à ausência de estudos rigorosos sobre a economia paraguaia, e à proximidade física entre Brasil e Paraguai que resulta em pontos de interseção histórica e econômica entre esses dois países. Portanto, a proposta é estudar o desenvolvimento socioeconômico do Paraguai a partir de suas estruturas econômicas e sociais. A hipótese é de que a evolução do ambiente institucional do Paraguai é responsável por seu atraso econômico e a passagem para o regime democrático não significou mudanças qualitativas. A escola regulacionista e institucionalista, a teoria do subdesenvolvimento e da dependência são os arcabouços teóricos que orientam a análise proposta, a qual foi realizada a partir de estudos bibliográficos e de levantamento de dados secundários. A histórica instabilidade política, o autoritarismo, os conflitos bélicos, a paralisia social e as limitadas alternativas de crescimento econômico materializaram-se na Estrutura Social Autoritária de Acumulação. Essa lógica capitalista em território paraguaio esteve conformada por um Estado oligárquico e autoritário, grupos econômicos privilegiados, crescente precarização das relações trabalhistas, certa estabilidade monetária e no contexto do comércio internacional, acirra-se a especialização no setor agroindustrial e no comércio de reexportação. As décadas finais do século XX indicam não apenas uma profunda crise socioeconômica, mas também a necessidade e emergência de mudanças estruturais haja vista a imposição democrática em curso. Como resultado, o estudo aponta que o Paraguai apresenta diferenças importantes nos aspectos socioeconômicos em relação aos países vizinhos, e por isso, sua trajetória de desenvolvimento correspondeu a resultados distintos de modo que não é possível incluir o Paraguai em análises gerais sobre a América Latina.
Abstract This work aims to analyze the specificities of the Paraguayan economy in the Latin American context, exploring its socio-economic complexity. The relevance of the theme is due to the absence of rigorous studies on the Paraguayan economy and, to the physical proximity between Brazil and Paraguay, which results in economical and historical points of intersection between these two countries. Therefore, the proposal is to study the socioeconomic development of Paraguay from its social and economic structures. The hypothesis is that the evolution of the institutional environment of Paraguay is responsible for its economic delay and for the transition to democratic regime, which did not result in qualitative changes. The regulationist and institutionalist schools, the theory of underdevelopment and the theory of dependence are the theoretical frameworks that guide the proposed analysis, which was held based on bibliographic studies and on secondary data collection. The historic political instability, the authoritarianism, the military conflicts, the social paralysis and the limited alternatives for economic growth have been materialized in the Authoritative Social Structure of Accumulation. This capitalist logic in the Paraguayan territory was made by an authoritarian and oligarchic State, by privileged economic groups, by growing precariousness of labor relations, by some monetary stability and in the context of international trade, all these aspects have made it extremely necessary to specialize the agro-industrial sector and the re-export trade. The final decades of the 20th century indicate not only a deep socio-economic crisis, but also the need for the emergency of structural changes owing to the ongoing democratic imposition. As a result, the study points out that Paraguay presents important differences in socioeconomic aspects in relation to its neighboring countries. Hence, its trajectory of development corresponded to distinct results so it is not possible to include Paraguay in the general analysis about Latin America.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/49857
Arquivos Descrição Formato
000835765.pdf (2.327Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.