Repositório Digital

A- A A+

Preservação de cadáver de coelho (Oryctolagus cuniculus) com a solução de Larssen modificada para treinamento em cirurgia videolaparoscópica

.

Preservação de cadáver de coelho (Oryctolagus cuniculus) com a solução de Larssen modificada para treinamento em cirurgia videolaparoscópica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Preservação de cadáver de coelho (Oryctolagus cuniculus) com a solução de Larssen modificada para treinamento em cirurgia videolaparoscópica
Autor Menezes, Cláudio Leonardo Montassieur de
Orientador Beck, Carlos Afonso de Castro
Co-orientador Contesini, Emerson Antonio
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Animais : Pesquisa Científica
Coelhos : Cirurgia veterinaria
Endoscopia : Métodos
Experimentação animal
Laparoscopia
Soluções para preservação de órgãos
[en] Embalmed rabbit cadáver
[en] Endoscopic surgery
[en] Laparoscopy
Resumo As habilidades psicomotoras são fundamentais para conduzir de forma adequada e segura um procedimento videocirúrgico. A cirurgia laparoscópica difere da cirurgia tradicional, pois o cirurgião deve guiar suas manobras em um ambiente tri-dimensional, através de imagem bi-dimensional, é privado da sensação táctil direta com os tecidos e necessita adquirir coordenação motora para a utilização de um novo tipo de instrumental cirúrgico. Faz-se necessário o desenvolvimento de modelos de treinamento factíveis para a formação de cirurgiões laparoscópicos, que simulem adequadamente as situações vivenciadas na sala de operação. Esta pesquisa objetivou desenvolver um modelo de cadáver de coelho embalsamado, utilizando a solução de Larssen modificada, para treinamento em quatro procedimentos laparoscópicos: colecistectomia, nefrectomia, esplenectomia e criptorquidectomia. Foram utilizados 17 coelhos de diferentes raças, submetidos a dois procedimentos cirúrgicos cada um. Destes, 15 foram eutanasiados, embalsamados e criopreservados. Após uma semana, os animais foram descongelados em caixa plástica com água aquecida a 40ºC e utilizados no treinamento de um cirurgião sem experiência prévia em videocirurgia. Dois coelhos foram operados vivos, sob anestesia geral inalatória, ao final da fase de treinamento, para verificar a capacidade do cirurgião em realizar as quatro técnicas laparoscópicas citadas, sem ocorrência de complicações significativas, sendo estes animais eutanasiados ao final dos procedimentos. Os cadáveres de coelhos mantiveram suas características teciduais semelhantes àquelas encontradas em um animal vivo. A coloração dos tecidos e órgãos abdominais foi bastante similar ao verificado in vivo, enquanto o odor variou entre leve e moderado e a textura variou entre normal e friável. A imersão dos cadáveres em água aquecida foi efetiva para alcançar o descongelamento completo, com mínima interferência da temperatura ambiente, tendo duração de quatro a cinco horas. O modelo experimental proposto neste estudo apresentou boas condições para execução e treinamento de colecistectomia laparoscópica, nefrectomia total laparoscópica e criptorquidectomia laparoscópica. As condições encontradas na cavidade abdominal dos coelhos embalsamados não foram satisfatórias para a prática adequada de esplenectomia laparoscópica, pela dificuldade em estabelecer boa visualização e manipulação do baço.
Abstract Psychomotor skills are essential to correctly and safely conduct endoscopic surgical procedures. Laparoscopic surgery differs from traditional surgery because the surgeon must guide his maneuvers in a tri-dimensional environment, through a bi-dimensional image, he’s deprived of direct tactile sensation with the tissues and needs to acquire motor coordination to use a new type of surgical instruments. Its necessary feasible experimental models to train laparoscopic surgeons, which properly simulates the situations experienced in the operation room. This research aims at proposing a embalmed rabbit cadaver model, prepared with the modified Larssen solution, for training in four laparoscopic procedures: cholecystectomy, nephrectomy, splenectomy, cryptorchidectomy. Seventeen rabbits from different breeds were used, each undergoing two surgical procedures. Of these, 15 were euthanized, embalmed and cryopreservated. After one week, they were thawed in a plastic box with water heated to 40ºC and used in the training of a surgeon with no previous experience with endoscopic surgery. Two rabbits underwent surgery under general anesthesia with a volatile agent, at the end of the training step, to check the surgeon’s ability to perform the four mentioned laparoscopic techniques, without the occurrence of major complications, both being euthanized at the end of the procedures. The rabbit cadavers kept tissues properties similar to those found in a living animal. The color of the abdominal tissues and organs was very close to that verified in vivo, although odor tended from slight to moderate and consistency tended from normal to friable. The cadavers immersion in heated water was effective to completely thaw then, with minimum interference of room temperature, within four to five hours. The experimental model proposed in this study presented valuable conditions to perform and train laparoscopic cholecystectomy, laparoscopic total nephrectomy and laparoscopic cryptorchidectomy. The state of the abdominal cavity found in the embalmed rabbits was unsatisfactory for suitable practice of laparoscopic splenectomy, because of the difficulty in establishing good visualization and manipulation of the spleen.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/49944
Arquivos Descrição Formato
000851761.pdf (5.320Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.