Repositório Digital

A- A A+

Estudo etnobotânico das plantas utilizadas como medicinais por moradores do bairro Ponta Grossa, Porto Alegre,Rio Grande do Sul

.

Estudo etnobotânico das plantas utilizadas como medicinais por moradores do bairro Ponta Grossa, Porto Alegre,Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo etnobotânico das plantas utilizadas como medicinais por moradores do bairro Ponta Grossa, Porto Alegre,Rio Grande do Sul
Autor Vendruscolo, Giovana Secretti
Orientador Mentz, Lilian Auler
Data 2004
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Programa de Pós-Graduação em Botânica.
Assunto Etnobotânica
Plantas medicinais : Teses : Brasil Rio Grande do Sul
Resumo Este trabalho foi realizado com o intuito de estudar as plantas utilizadas como medicinais pelos moradores do bairro Ponta Grossa e pelos Agentes Comunitários de Saúde relacionados ao Posto de Saúde da Família do bairro Ponta Grossa, Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Como metodologia, foram realizadas entrevistas estruturadas, na forma de questionários, para obtenção dos dados socioculturais e semi-estruturadas para o levantamento dos dados sobre as plantas. Foram coletadas 150 espécies utilizadas pela população, sendo 9 delas identificadas somente até gênero, pertencentes a 59 famílias botânicas. As famílias mais representadas em número de espécies foram Asteraceae e Lamiaceae. As partes das plantas mais utilizadas foram folhas e partes aéreas, sendo o chá a principal forma de utilização. As doenças e/ou sintomas mais mencionados foram os relacionados aos aparelhos digestório e respiratório. Em uma análise dos nomes populares foram encontradas 56 espécies com etnohomônimos e 73 espécies com etno-sinônimos verdadeiros ou falsos. Também foi realizada uma revisão bibliográfica comparativa entre as indicações de uso originais e as indicações atuais referidas no estado do Rio Grande do Sul e países limítrofes. Esta revisão teve como objetivo verificar se houve alterações do conhecimento popular. Uma espécie apresentou equivalência entre as indicações de usos originais e atuais e 140 apresentaram alteração do conhecimento popular. Para 16 espécies foi detectada alteração total do conhecimento, 61 apresentaram ampliação do conhecimento e 21 redução do conhecimento popular. Ferramentas quantitativas foram utilizadas, como Valor de Uso (UV) e a porcentagem de Concordância corrigida quanto aos Usos Principais (CUPc), para verificar quais as espécies mais importantes para a população e as mais promissoras para a realização de estudos biológicos posteriores. Para as 21 espécies mais importantes foram feitas revisões na literatura científica com o objetivo de reunir dados químicos e biológicos, que resultarão na elaboração de um manual didático, o qual será devolvido como um retorno para a população estudada.
Abstract An ethnobotany study was done to search for medicinal plants used by residents and the Community Health Agents of the Family Health Office of Ponta Grossa neighborhood, Porto Alegre, Rio Grande do Sul. The social and cultural information of all interviewers were established using structured interviews. The information about medicinal plants and their therapeutic uses were obtained by semi-structured interviews. The community people make use of 150 species, nine of them identified only until the genera, distributed in 59 botany families. Most species are included in the Asteraceae and Lamiaceae families. Leaves and aerial parts are the parts of the plants more used and tea is the main used form. The diseases or symptoms more cited are those related to digestive and nervous system. The folk names were analyzed, and 56 species have ethno-homonyms and 73 have a true or false ethnosynonymous. We also compared the original and the current indications of medicinal plants, in a literature review published in the Rio Grande do Sul state and bordering countries. The objective of this study was to verify alterations on the folk knowledge about the medicinal plants mentioned in the ethnobotany research. For 16 species we detected total knowledge change, for 61 species some knowledge amplification and for 21 species a knowledge reduction. Quantitative tools, such as Use Value (UV) and the corrected percentage of Agreement related to the Main Uses (cAMU), was utilized to verify the most important species to the community and the most promising of them to posterior biological studies. We have accomplished a bibliographical review for the 21 most important species, finding studies about the main chemical constitution and some biological activity of them in order to make a didactic manual. This manual will be given to the studied population as a return to the acquired knowledge.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/5147
Arquivos Descrição Formato
000421494.pdf (2.310Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.