Repositório Digital

A- A A+

Evidência de que o cérebro é mais vulnerável que o fígado ao dano oxidativo causado pelos metabólitos acumulados na acidemia 3-hidroxi-3-metilglutárica.

.

Evidência de que o cérebro é mais vulnerável que o fígado ao dano oxidativo causado pelos metabólitos acumulados na acidemia 3-hidroxi-3-metilglutárica.

Mostrar registro completo

Estatísticas

Evento Salão de Iniciação Científica (20. : 2008 out. 20-24 : UFRGS, Porto Alegre, RS).
Título Evidência de que o cérebro é mais vulnerável que o fígado ao dano oxidativo causado pelos metabólitos acumulados na acidemia 3-hidroxi-3-metilglutárica.
Autor Seminotti, Bianca
Leipnitz, Guilhian
Fernandes, Carolina Gonçalves
Amaral, Alexandre Umpierrez
Beskow, Ana Paula
Silva, Lucila de Bortoli da
Wannmacher, Clóvis Milton Duval
Orientador Wajner, Moacir
Contido em Salão de Iniciação Científica (20. : 2008 out. 20-24 : Porto Alegre, RS). Livro de resumos. Porto Alegre : UFRGS, 2008.
Sessão Estresse oxidativo c
Assunto Ciências biológicas
Tipo Resumo publicado em evento
URI http://hdl.handle.net/10183/51648
Arquivos Descrição Formato
Resumo_200801904.pdf (13.13Kb) Resumo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.