Repositório Digital

A- A A+

As tafonas do bairro Lami, zona sul de Porto Alegre, RS

.

As tafonas do bairro Lami, zona sul de Porto Alegre, RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título As tafonas do bairro Lami, zona sul de Porto Alegre, RS
Autor Nobre, Érita Lima
Orientador Monsma, Karl Martin
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Tecnólogo em Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural a Distância.
Assunto Agricultores
Agricultura familiar
Desenvolvimento rural
Desenvolvimento urbano
História econômica
Industrialização
Mandioca
Porto Alegre (RS)
[en] Cassava flour
[en] Economy
[en] Industrialization
[en] Labor relations
[en] Market
[en] Tafona
[en] Transport
Resumo O presente trabalho busca analisar a trajetória do cultivo e beneficiamento da mandioca no bairro Lami, localizado em Porto Alegre no Rio Grande do Sul. Como principal fonte de pesquisa está na narrativa de alguns antigos agricultores moradores do bairro, além de algumas publicações. A proliferação de construções das tafonas ocorreu a partir dos anos de 1890 e praticamente encerrou suas atividades em meados do século XX. Este trabalho tem como pretensão discutir alguns aspectos das relações de trabalho, bem como de mercado, relacionados àprodução da farinha de mandioca. Além disso, observar algumas transformações que o cultivo, a colheita e o beneficiamento da mandiocafizeramas margens do Guaíba, com seus trapiches e também na Lagoa dos Patos, pelo Farol de Itapuã ou pelos armazéns e depósitos espalhados ao longo do Lami. Mais extremo bairro da zona sul da Capital do Estado, o Lami desempenhou importante função econômica até meados do século XX, através do embarque da farinha de mandioca e desembarque de diferentes produtos oriundos de outras localidades, que viriam suprir necessidades da população do Lami.É a partir das oscilações decorrentes do processo de industrialização de Porto Alegre que se pretende traçar um paralelo relacionando a prática das tafonas, com o desenvolvimento urbano e econômico da cidade e assim estabelecer um contraponto entre o Lami de dois tempos distintos.
Abstract This paper seeks to analyze the trajectory of the cultivation and processing of cassava in the neighborhood Lami, located in Porto Alegre in Rio Grande do Sul As the main source of research is the narrative of some former residents of the neighborhood farmers, and some publications. The proliferation of Tafona construction began in the 1890s and virtually ceased production in mid-twentieth century. This work has the intention to discuss some aspects of labor relations, as well as market related to the production of cassava flour. Also, observe some changes that the growing, harvesting and processing of cassava made the banks of the Guaíba, with its warehouses and also in the Patos Lagoon, the Lighthouse of Itapuã or by warehouses and depots spread throughout the Lami. More extreme southern district of the city and state, the Lami played an important economic role until the mid-twentieth century, through the shipment of cassava flour and unloading of from various other locations that would meet the needs of the population of Lami. It is from the fluctuations arising from the industrialization process in Porto Alegre who want to draw a parallel practice of linking Tafona, with the urban and economic development of the city and thereby establish a counterpoint between the two different times Lami.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/52343
Arquivos Descrição Formato
000821703.pdf (1.758Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.