Repositório Digital

A- A A+

Diagnostico laboratorial das leucemias mielóides agudas

.

Diagnostico laboratorial das leucemias mielóides agudas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Diagnostico laboratorial das leucemias mielóides agudas
Outro título Laboratory diagnosis of acute myeloid leukemias
Autor Silva, Graziele C. da
Pilger, Diogo Andre
Castro, Simone Martins de
Wagner, Sandrine Comparsi
Resumo As leucemias agudas caracterizam-se pela proliferação clonal e pelo bloqueio maturativo das células hematopoéticas, com substituição difusa da medula óssea por células neoplásicas. A leucemia mielóide aguda (LMA) é um grupo heterogêneo de doenças clonais do tecido hematopoético, que acomete predominantemente idosos acima de 60 anos de idade. A LMA apresenta oito subtipos distintos morfologicamente: LMA M0 a M7. Os métodos diagnósticos para identificação da LMA e classificação dos subtipos são baseados em critérios morfológicos, citoquímicos e de imunofenotipagem, acrescidos de análise genética. Além de ser importante para a diferenciação do tipo da linhagem da leucemia, se mielóide (LMA) ou linfóide (LLA), o diagnóstico é também de grande importância para identificar a leucemia bifenotípica aguda (BAL). O objetivo deste trabalho foi realizar uma revisão bibliográfica sobre LMA, dando ênfase aos métodos laboratoriais utilizados para a sua identificação e diferenciação.
Abstract The acute leukemias are characterized by the clonal proliferation and maturative blockage of hematopoietic cells, with diffuse substitution of the bone marrow by neoplasic cells. The acute myeloid leukemia (AML) is a heterogeneous group of clonal disease in the hematopoietic tissue and predominantly affects people older than 60. The AML has eight morphologically different subtypes: AML M0 to M7. The diagnostic methods for identification of AML and subtypes classification are based on morphological, cytochemical and immunophenotyping patterns, besides genetic and molecular analyses. The diagnosis of leukemia is important to the lineage differentiation in AML or ALL and also for the identification of biphenotypic acute leukemia (BAL). The aim of this study was to perform a bibliographic review of AML, giving emphasis on laboratory methods useful for its identification and differentiation.
Contido em Jornal brasileiro de patologia e medicina laboratorial. Rio de Janeiro, RJ. Vol. 42, n. 2 (2006), p. 77-84
Assunto Leucemia mielóide aguda
[en] Acute myeloid leukemia
[en] Cytochemistry
[en] Cytogenetics
[en] Immunophenotype
[en] Molecular genetics
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/52399
Arquivos Descrição Formato
000535859.pdf (170.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.