Repositório Digital

A- A A+

Possíveis efeitos do cobre sanguíneo sobre parâmetros hematológicos em idosas

.

Possíveis efeitos do cobre sanguíneo sobre parâmetros hematológicos em idosas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Possíveis efeitos do cobre sanguíneo sobre parâmetros hematológicos em idosas
Outro título Possible effects of blood copper on hematological parameters in elderly
Autor Baierle, Marília
Valentini, Juliana
Paniz, Clóvis
Moro, Angela Maria
Barbosa Júnior, Fernando
Garcia, Solange Cristina
Resumo Introdução: O cobre é um elemento traço essencial e sua homeostase é importante, principalmente em idosos, uma vez que seu metabolismo está associado a doenças neurodegenerativas e distúrbios na eritropoiese, entre outros. Objetivo: O presente estudo avaliou a associação entre cupremia, parâmetros hematológicos e estresse oxidativo. Materiais e métodos: Amostras de sangue de 39 mulheres idosas (grupo de estudo) e de 20 indivíduos adultos saudáveis (grupo-controle) foram coletadas. As concentrações de cobre sérico foram quantificadas por espectrometria de massa por plasma indutivamente acoplado (ICP-MS), a atividade e o índice de reativação da enzima δ-aminolevulinato desidratase (ALA-D) foram determinados por espectrofotometria e parâmetros sanguíneos foram analisados em sistema automatizado. Os resultados foram expressos em média ± desvio padrão (DP). Resultados: As concentrações de cobre, parâmetros hematológicos e índice de reativação da ALA-D para ambos os grupos encontraram-se dentro dos valores de referência. Porém, a atividade da ALA-D (11,47 ± 2,81 U.L-1) foi significativamente inferior no grupo de estudo em comparação com o grupo-controle. Correlações de Spearman (observadas somente nas mulheres idosas) entre as concentrações de cobre versus hemoglobina, hematócrito e atividade da ALA-D foram -0,384; -0,408 e -0,395, respectivamente (p < 0,05). No entanto, o índice de reativação da ALA não apresentou correlação com a cupremia. Discussão e conclusão: Os resultados mostraram que o cobre, mesmo estando nos limites considerados valores de referência, pode estar envolvido na inibição da ALA-D, o que pode alterar parâmetros hematológicos, como a síntese de hemoglobina. Neste sentido, sugere-se que os níveis de referência para o cobre em idosos sejam reavaliados.
Abstract Introduction: Copper is an essential trace element, and its homeostasis is important, mainly among the elderly, since their metabolism is associated with neurodegenerative diseases and erythropoiesis disorders, among others. Objective: This study evaluated the association among cupremia, hematological parameters and oxidative stress. Material and methods: Blood samples from 39 elderly women (study group) and 20 health individuals (control group) were collected. The concentrations of serum copper were quantified by ICP-MS. The activity and enzyme ALA-D reactivation index were determined by spectrophotometry and blood parameters were analyzed in the automated system. The results were expressed as mean ± standard deviation. Results: Concentrations of copper, hematological parameters and ALA-D reactivation were within the reference values in both groups. However, ALA-D activity (11.47 ± 2.81 UL-1) was significantly lower in the study group compared to the control group. Spearman correlations (observed only in elderly women) between copper concentration versus hemoglobin, hematocrit and ALA-D activity were -0.384, -0.408 and -0.395, respectively (p < 0.05). Nonetheless, ALA reactivation index was not related to cupremia. Discussion and conclusion: The results showed that copper, although it is within accepted reference values, may be involved in ALA-D inhibition, which may affect hematological parameters such as hemoglobin synthesis. Thus, the reference levels for copper in the elderly should be reviewed.
Contido em Jornal brasileiro de patologia e medicina laboratorial. Vol. 46, n. 6, (dez. 2010), p. 463-470
Assunto Cobre sanguíneo
Estresse oxidativo
Hematologia
Idosos
[en] ALA-D activity
[en] Copper
[en] Elderly
[en] Hematological parameters
[en] ICP-MS
[en] Oxidative stress
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/52405
Arquivos Descrição Formato
000771923.pdf (186.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.