Repositório Digital

A- A A+

Aloenxerto ósseo cortical desvitalizado com nitrogênio líquido – estudo experimental em ovelhas

.

Aloenxerto ósseo cortical desvitalizado com nitrogênio líquido – estudo experimental em ovelhas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aloenxerto ósseo cortical desvitalizado com nitrogênio líquido – estudo experimental em ovelhas
Autor Albuquerque, Paulo Barros de
Orientador Alievi, Marcelo Meller
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Aloenxerto ósseo
Cirurgia veterinaria
Ortopedia animal
Ovinos
Patologia veterinaria : Ovinos
[en] Allogeneic bone graft
[en] Dynamic compressive plate
[en] Incorporation
[en] Orthopedics
[en] Ovine
Resumo Na ortopedia veterinária, o enxerto ósseo é comumente utilizado em uma variedade de procedimentos ou afecções ortopédicas como artrodeses, fusões espinhais, reparo de fraturas, tratamentos de união atrasada e não-união de fraturas, preenchimento de falhas ósseas, osteotomias corretivas e reconstruções após a ressecção de neoplasia óssea. O uso de enxerto ósseo alógeno, comparado com o enxerto autógeno, tem como vantagens menor morbidez e dor pós-cirúrgica, diminuição do tempo cirúrgico e, principalmente, fornecimento de maior volume ósseo para a reconstrução adequada de uma grande falha óssea. As desvantagens do seu uso são os riscos de reação imunológica e transmissão de doenças, além da necessidade da formação de um banco de ossos, o que aumenta os custos e necessita de espaço apropriado. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a taxa e a forma de incorporação do aloenxerto ósseo cortical submetido ao congelamento em nitrogênio líquido e inserido em tíbias de ovelhas, visando à preservação do membro locomotor. Seis ovelhas clinicamente sadias, da raça Corriedale, com idade estimada entre dois e três anos, foram submetidas à avaliação radiográfica pré-operatória das tíbias para que fosse descartada qualquer alteração óssea. Simultaneamente, realizou-se a ostectomia da diáfise tibial de duas ovelhas para a retirada de um segmento de 7 cm que, após a remoção do periósteo e da medula óssea, foi imerso em nitrogênio líquido, tendo como finalidade a desvitalização óssea, e implantado imediatamente no outro paciente. A estabilização entre os fragmentos e o implante ósseo foi realizada com placa cirúrgica de compressão dinâmica (PCD). Após os procedimentos cirúrgicos, foram realizadas avaliações clínicas e radiográficas a cada 30 dias até o 180º dia de pós-operatório. Aos 60 dias de pós-operatório já se observava o completo uso funcional do membro operado. A união radiográfica das interfaces proximal e distal e a consolidação óssea ocorreram em tempo médio de 95 dias em todos os animais. Conclui-se que o aloenxerto ósseo cortical submetido ao congelamento em nitrogênio líquido é um método apropriado para a preservação do membro locomotor, tendo em vista que a incorporação do mesmo ocorreu gradualmente e a taxa foi de 100%.
Abstract Bone grafting is employed in veterinary orthopedics with a variety of purposes as for arthrodesis, spinal fusions, fracture repairs, treatment of delayed or non-unions, filling bone defects, supporting corrective osteotomy, and as replacement in limb sparing techniques for tumor resection. The allograft bone, in contrast to the autologous bone graft, is associated with less site-donor morbidity and pain, reduced surgical time, and adequate bone supply to fill greater defects. Still, the allogeneic bone, besides requiring the establishment of a bone bank, can be a source of diseases and may induce immunogenic response. This study evaluated the allogeneic cortical bone graft incorporation after submission of the harvested fragment to a bout freezing in liquid nitrogen. Six adult clinically healthy sheep were submitted to a 7cm ostectomy of the tibial diaphysis. After removal of periosteum and bone marrow, the fragment was submersed in liquid nitrogen and implanted in another sheep missing a same-sized segment at the corresponding bone. Stabilization of the allograft in the host bone was accomplished by a dynamic compressive plate (DCP). Clinical and radiographic evaluations were performed in the immediate post-operatory period and in every 30 days for six months after surgery. The proximal and distal host-graft interfaces showed radiographic union at a mean postoperative time of 95 days in all the animals. The cortical bone allograft submitted to liquid nitrogen freezing provided adequate bone healing in the sheep model, representing a feasible alternative for limb preservation techniques.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/52583
Arquivos Descrição Formato
000852577.pdf (2.111Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.