Repositório Digital

A- A A+

Preconceito contra orientações não-heterossexuais no Brasil : critérios para avaliação

.

Preconceito contra orientações não-heterossexuais no Brasil : critérios para avaliação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Preconceito contra orientações não-heterossexuais no Brasil : critérios para avaliação
Autor Costa, Angelo Brandelli
Orientador Nardi, Henrique Caetano
Co-orientador Bandeira, Denise Ruschel
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional.
Assunto Avaliação psicológica
Diversidade sexual
Homofobia
Orientação sexual
Sexismo
[en] Homophobia
[en] Prejudice against nonheterosexual orientations
[en] Psychological assessment
[en] Social psychology
Resumo Cresce no Brasil o investimento em políticas para o combate do preconceito e da discriminação por orientação sexual. Essa investigação tem como justificativa a inexistência de ferramentas para a avaliação desse tipo de preconceito em nosso contexto com boas evidências de validade e fidedignidade e a necessidade do desenvolvimento de instrumentos para esse fim – inclusive para avaliação da política em questão. O objetivo geral é estabelecer critérios para a avaliação do preconceito contra orientações não heterossexuais no Brasil, e especificamente, responder às seguintes questões: 1) Qual a implicação do campo da avaliação psicológica com a diversidade sexual? 2) Quais os limites, as possibilidades e as alternativas teóricas ao uso do conceito homofobia? 3) O que tem sido oferecido em termos de avaliação no campo do preconceito contra orientações não heterossexuais e quais os limites e potencialidades desses instrumentos? 4) Como as pesquisas realizadas no Brasil descrevem esse fenômeno em nosso contexto? A análise indica o compromisso da avaliação psicológica na inclusão da diversidade e não sua estigmatização. Sugere-se ainda o uso do nexo “preconceito contra orientações não heterossexuais” no lugar de “homofobia”, para se referir à manifestação do preconceito do ponto de vista individual. Os quatro instrumentos revisados para avaliar esse tipo de preconceitos apresentam boas evidências de validade e fidedignidade. Por fim, conclui-se que o preconceito contra orientações não heterossexuais no Brasil é um fenômeno prevalente e flagrante e aparece ligado ao preconceito contra expressões e gênero discordantes. Sugere-se a adaptação de um instrumento que avalie atitudes explícitas em relação a orientações não heterossexuais incluindo itens que avaliem o domínio preconceito contra expressões de gênero discordantes.
Abstract Grows in Brazil the investment in policies to combat prejudice and discrimination based on sexual orientation. This investigation is justified due the lack of tools to assess such prejudice in our context with good evidences of validity and reliability, and the need to develop instruments for this purpose - including assessment of the policy. The overall objective is to establish criteria for the assessment of prejudice against non-heterosexual orientations in Brazil, and specifically answer the following questions: 1) What is the implication of the field of psychological assessment with sexual diversity? 2) What are the limits, possibilities and theoretical alternatives of the construct homophobia? 3) What has been offered in terms of evaluation in the field of prejudice against non-heterosexual orientations and what the limits and potential of these instruments? 4) How the research conducted in Brazil describe this phenomenon in our context? It is reinforced the commitment of psychological evaluation with the inclusion of diversity and not its stigmatization. It is suggested the use the term "prejudice against non-heterosexual orientation" instead of "homophobia" to refer to the manifestation of prejudice in the individual level. The four instruments reviewed to evaluate this kind of prejudice have good evidence of validity and reliability. Finally, the prejudice in Brazil is a phenomenon widespread and prevalent phenomenon appears to be related to prejudice against discordant gender expressions. It is suggested the adaptation of an instrument to assess explicit attitudes towards non-heterosexual orientations including items that assess the domain related to discordant gender expressions.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/53162
Arquivos Descrição Formato
000852520.pdf (1.004Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.