Repositório Digital

A- A A+

Efeito agudo da ingestão de álcool sobre a função endotelial em homens jovens

.

Efeito agudo da ingestão de álcool sobre a função endotelial em homens jovens

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeito agudo da ingestão de álcool sobre a função endotelial em homens jovens
Outro título Acute effect of alcohol on endothelial function in young males
Autor Bau, Paulo Fernando Dotto
Orientador Rosito, Guido Bernardo Aranha
Data 2004
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde: Cardiologia e Ciências Cardiovasculares.
Assunto Cardiopatias
Endotélio : Efeitos de drogas
Etanol : Efeitos adversos
[en] Cardiovascular disease
[en] Endothelium
[en] Ethanol
[en] Prevention
Resumo A disfunção endotelial, avaliada através da vasodilatação mediada pelo fluxo (FMD) e não mediada pelo fluxo (NFMD), está associada à ocorrência de eventos cardiovasculares. Enquanto o consumo moderado de bebidas alcoólicas está associado com baixo risco para doenças cardiovasculares, a ingestão de doses mais altas predispõe a arritmias cardíacas, acidente vascular encefálico e outros eventos, que têm maior incidência no período da manhã. A investigação dos efeitos do álcool sobre a função endotelial pode trazer um melhor entendimento para esta associação. O presente estudo tem por objetivo avaliar, em uma amostra homogênea, o efeito de uma dose relativamente elevada de álcool sobre parâmetros vasculares e de função endotelial. O diâmetro da artéria braquial (DAB), a FMD e a NFMD foram mensurados em três horários (17h, 22h e 7h), em 100 indivíduos do sexo masculino, hígidos, com idades entre 18 e 25 anos (média de 20,74 anos), por ecodoppler da artéria braquial (segundo o protocolo da International Brachial Artery Reactivity Task Force). Os indivíduos foram randomizados para ingerir uma bebida contendo álcool ou uma bebida similar não alcoólica, às 18h. O grupo que consumiu álcool apresentou um aumento no DAB entre as 17h (4,03 mm) e 22h (4,41 mm). Ocorreu uma redução da FMD para 2,43% e da NFMD para 6,30% às 22h, quando comparados com os valores anteriores à ingestão (FMD = 4,22% e NFMD = 13,7%). Foi constatado um efeito bifásico para a pressão arterial sistólica (PAS) e diastólica (PAD), com redução às 22h (PAS = 105,18 mmHg; PAD = 60,14 mmHg), seguida de elevação às 7h (PAS = 117,50 mmHg; PAD = 70,98 mmHg). Conclui-se que, após um período inicial de vasodilatação, a ingestão aguda de álcool não afeta a função endotelial, comparado ao placebo.
Abstract The endothelial function evaluated by endothelium dependent flow-mediated dilatation (FMD) and endothelium independent nitroglycerin-mediated dilatation (NFMD) is associated to the risk of cardiovascular events. While the moderate consumption of alcoholic beverages is associated with a lower risk of cardiovascular disease, the ingestion of higher doses predispose to cardiac arrhythmias, stroke and other events that have a higher incidence in the morning. The investigation of the effects of alcohol on endothelial function may help to clarify this association. This study aims to evaluate in a homogeneous sample the effect of a relatively high dose of alcohol on vascular and endothelial function parameters. The diameter of brachial artery (DBA), FMD and NFMD were measured in three moments (5 pm, 10 pm and 7 am) in 100 healthy males aged 18 to 25 years (mean of 20.74) by brachial artery ecodoppler (following the International Brachial Artery Reactivity Task Force protocol). Subjects were randomized to drink either an alcohol containing drink or a similar non-alcoholic beverage at 6 pm. The alcohol-drinking group presented a DBA increase between 5 pm (4.03 mm) and 10 pm (4.41 mm). FMD decreased to 2,43% and NFMD to 6,30% at 10 pm from the basal values (FMD = 4.22%; NFMD = 13.7%). Alcohol induced a biphasic effect on systolic (SBP) and diastolic blood pressure (DBP), with a decrease at 10 pm (SBP = 105.18 mmHg; DBP = 60.14 mmHg) followed by an increase at 7 am (SBP = 117.50 mmHg; DBP = 70.98 mmHg). We conclude that after an initial period of vasodilatation, the acute ingestion of alcohol does not affect endothelial function compared to placebo.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/5326
Arquivos Descrição Formato
000468652.pdf (361.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.