Repositório Digital

A- A A+

Habitar o campus : residências universitárias modernas no Brasil

.

Habitar o campus : residências universitárias modernas no Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Habitar o campus : residências universitárias modernas no Brasil
Autor Ramos, Renata Santiago
Orientador Cabral, Claudia Pianta Costa
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura.
Assunto Arquitetura moderna
Campus universitario
Casas de estudantes
Cidades universitárias
Habitação coletiva
[en] Modern architecture
[en] Student housing
[en] University cities
Resumo O tema da habitação coletiva constitui ponto fundamental de proposição e crítica dentro da tradição moderna. Importantes projetos urbanísticos do século XX contemplam grandes extensões territoriais, concentrando esforços financeiros e intelectuais nos setores destinados à atividade de habitar, como reflexo do seu protagonismo na concretização de novas ideias. Partindo da premissa de que a habitação é o principal vetor de experimentação, concretização e disseminação de princípios da arquitetura moderna, o trabalho discute o desdobramento do tema em um ambiente específico, o das cidades universitárias. Busca-se compreender o papel da habitação na estruturação dos campi, demonstrando a relevância dos conjuntos residenciais neste contexto e os aspectos que envolvem sua concepção. As cidades universitárias modernas, em geral, reproduzem formas de organização adotadas no planejamento das cidades e, em escala reduzida, possuem diferentes tipologias e funções correlacionadas. Historicamente as cidades universitárias são campos propícios para experimentação de novas ideias e tecnologias por se tratarem, de maneira geral, de obras estabelecidas em grandes áreas, com planos de desenvolvimento complexos, e que devem refletir os princípios didáticos e os valores das instituições. A presença dos setores residenciais é essencial na concretização de um espaço físico denominado cidade, pelo papel fundamental historicamente exercido pelo programa habitação na constituição do conjunto urbano. No contexto específico dos espaços de ensino superior, a existência do setor residencial possibilita a concentração de todos os recursos em um espaço físico único, sendo especialmente importante nos campi mais afastados dos centros urbanos. Dentre as obras existentes sobre o tema habitação estudantil, há uma aproximação a alguns paradigmas internacionais, como fonte introdutória. O enfoque do trabalho direciona-se para alguns dos principais casos brasileiros, construídos ou somente projetados, na intenção de contribuir para a elaboração de um quadro mais conciso sobre este tema no país. O estudo aprofundado de obras no Brasil está relacionado à identificação de casos significativos no âmbito de suas cidades universitárias e que, de forma mais ampla, figuram como possibilidades de experimentação programática, formal e técnica na produção da habitação moderna brasileira.
Abstract The matter of collective housing represents an essential proposition and criticism point in the modern tradition. Important urban projects from the 20th century include large territorial extensions, focusing on financial and intellectual efforts in sectors destined to the housing activity, reflecting its important role concerning the implementation of new ideas. From the premise that housing is the main vector of trial, implementation and dissemination of the principles of modern architecture, this thesis discusses the deployment of this theme in a specific environment: university cities. This thesis seeks to understand the housing role in the organization of the campuses, showing the relevance of the residential sets in this context and the aspects concerning its conception. In general, the modern university cities reproduce the organization ways adopted in the towns’ planning and, in reduced scale, they have different typologies and functions correlated. Historically, the university cities represent a favorable field to the experimentation of new ideas and technologies since they, in general, deal with constructions established in large areas, with complex development plans, which must consider the didactic principles and the values of the institutions. The presence of the residential sectors is essential in the implementation of a space called city, by the fundamental role historically exercised by the housing program in the formation of the urban set. In the specific context of the higher education spaces, the existence of the residential sector permits the concentration of all resources in only one space, being especially important for the campuses situated far away from the urban centers. Among the existing works on the student housing theme, there is an approach to some international paradigms as introductory source. The focus of this study is directed to some of the main Brazilian built or in project level cases, with the purpose of contributing to the elaboration of a more concise presentment on this theme in the country. The further study of construction in Brazil brings the identification of remarkable cases in the scope of university cities which, in a wider way, figure as pragmatic, formal and technical experimentation possibilities in the production of modern Brazilian housing.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/53738
Arquivos Descrição Formato
000853000.pdf (22.59Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.