Repositório Digital

A- A A+

Implantação de técnicas para avaliação da dinâmica mitocondrial por microscopia confocal no Centro de Microscopia Eletrônica da UFRGS

.

Implantação de técnicas para avaliação da dinâmica mitocondrial por microscopia confocal no Centro de Microscopia Eletrônica da UFRGS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Implantação de técnicas para avaliação da dinâmica mitocondrial por microscopia confocal no Centro de Microscopia Eletrônica da UFRGS
Autor Biehl, Henrique Beck
Orientador Guma, Fátima Theresinha Costa Rodrigues
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Bacharelado.
Assunto Microscopia eletronica
Resumo O microscópio confocal apresenta grande vantagem para o estudo de tecidos e células que requerem imagens em grande detalhamento com o controle dos diversos parâmetros de aquisição de imagem. As mitocôndrias são organelas celulares dinâmicas que possuem um ciclo complexo que envolve os processos de fissão, fusão e biogênese mitocondrial. O Resveratrol (RSV) é uma fitoalexina que tem sido utilizada para fins terapêuticos devido às evidências que mostram um possível efeito antioxidante nas células. A ativação das células estreladas hepáticas (Hepatic Stellate Cells - HSC) está relacionada com o aumento da proliferação e da produção de matriz extracelular que resulta no desenvolvimento da fibrose hepática. Em nossos trabalhos anteriores, 50μM de RSV induziu estresse oxidativo e morte celular em 24 horas de tratamento, efeito que foi atenuado em 120 horas. No presente trabalho, foram realizados tratamentos com concentrações crescentes de RSV (1, 10 e 50μM) em culturas de células da linhagem GRX, modelo de HSC. Através de diferentes técnicas de análise de imagens de microscopia confocal e utilizando diferentes marcadores fluorescentes, estudou-se a formação de espécies reativas de oxigênio, a relação entre massa mitocondrial versus sua atividade, alterações na morfologia dessa organela, sua distribuição celular e sua fagocitose (mitofagia). Pela quantificação da fluorescência do marcador DCF®, evidenciou-se que doses crescentes de RSV induz um aumento de espécies reativas de oxigênio. Utilizando as sondas fluorescentes Mito Tracker® Green e Mito Tracker® Orange, que marcam, respectivamente, massa e potencial de membrana mitocondrial, foi possível atestar que a massa mitocondrial permanece constante, mas que a atividade dessa organela diminui com o aumento da dose de RSV. Da mesma forma, foi possível observar que o tratamento com RSV induziu alteração de morfologia e redistribuição das mitocôndrias ao longo do citoplasma da GRX, comparado ao grupo controle que apresenta mitocôndrias perinucleares. Pela análise de co-localização entre os marcadores Mito Tracker® Green e LysoTracker® Red, marcador de lisossomas, evidenciou-se que o RSV induziu mitofagia. As análises de imagens obtidas por microscopia confocal se mostraram úteis na avaliação do comportamento e resposta das mitocôndrias em relação às diferentes concentrações de RSV. Esses resultados estão de acordo com os obtidos por meio de técnicas quantitativas, como citometria de fluxo e ensaios espectrofluorimétricos, e mostram que a microscopia confocal, associada às ferramentas de análise de imagens, também pode ser importante na obtenção de dados quantitativos.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/54442
Arquivos Descrição Formato
000855882.pdf (586.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.