Repositório Digital

A- A A+

Os figurinos dos duplos e dos personagens de personalidade dividida nos filmes Um Corpo que Cai e Disque M para Matar de Alfred Hitchcock

.

Os figurinos dos duplos e dos personagens de personalidade dividida nos filmes Um Corpo que Cai e Disque M para Matar de Alfred Hitchcock

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Os figurinos dos duplos e dos personagens de personalidade dividida nos filmes Um Corpo que Cai e Disque M para Matar de Alfred Hitchcock
Autor Torres, Shana Silveira
Orientador Rossini, Miriam de Souza
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Comunicação Social: Habilitação em Jornalismo.
Assunto Figurino
Hitchcock, Alfred, 1899-1980
Personagem cinematográfica
Resumo Esta monografia tem por objetivo analisar o papel do figurino na construção dos duplos e dos personagens de personalidade dividida. Para tanto, escolhi como corpus de trabalho dois filmes do diretor Alfred Hitchcock: Disque M para Matar e Um Corpo que Cai. O método de pesquisa utilizado foi a análise fílmica e a pesquisa bibliográfica, partindo da divisão fílmica proposta por Syd Field, segundo o qual o filme deve ser destrinchado em três partes: apresentação, confronto e resolução,. O procedimento adotado consistiu em uma adaptação da divisão fílmica proposta por Field, de modo que priorizei a construção dos figurinos na apresentação e na resolução do filme, momentos em que podemos observar, respectivamente, a constituição e a dissolução do conflito do personagem na narrativa. Este trabalho é dividido em seis capítulos: uma introdução, três capítulos teóricos, um capítulo prático (estruturação da análise e análise do corpus) e um capítulo para as considerações finais. No primeiro capítulo, apresento a estrutura do trabalho. No segundo capítulo, abordo questões pertinentes ao personagem cinematográfico, tomando por referência as discussões de Antônio Candido, Anatol Rosenfeld, Paulo Emílio Salles Gomes, Christopher Vogler, Carl Gustav Jung, Joseph L. Henderson, M. L. Von Franz, Nicole Fernandes Bravo, Clément Rosset e Ana Maria Lisboa de Mello. No terceiro capítulo, no qual apresento uma discussão sobre a construção do personagem sob a ótica do figurino, salientando sua funcionalidade em cena, apresento as obras de Roberto Gill Camargo, Rosane Muniz, Gérard Betton, Renata Pallottini, J.C Flügel, Adrienne Munich, Elizabeth Leese e Fausto Viana. No quarto capítulo, em que contextualizo como os personagens hitchcockianos são construídos através do figurino, utilizo os estudos de Donald Spoto, Jean-Pierre Dufreigne, Roger Ebert, Truffaut, Hiron Goidanich e Paul Duncan. No quinto capítulo, analiso meu objeto de estudo retomando conceitos e autores vistos nos capítulos anteriores e, por último, apresento as considerações finais deste trabalho.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/54476
Arquivos Descrição Formato
000855730.pdf (2.430Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.