Repositório Digital

A- A A+

O capital social e a construção de estratégias técnico-produtivas e organizativas no meio rural : o caso dos ovinocultores familiares do município de Quaraí (RS)

.

O capital social e a construção de estratégias técnico-produtivas e organizativas no meio rural : o caso dos ovinocultores familiares do município de Quaraí (RS)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O capital social e a construção de estratégias técnico-produtivas e organizativas no meio rural : o caso dos ovinocultores familiares do município de Quaraí (RS)
Autor Vieira, Aline Aguirre
Orientador Mello, Fernanda Bastos de
Co-orientador Medeiros, Monique
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Tecnólogo em Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural a Distância.
Assunto Agricultura familiar
Capital social
Desenvolvimento rural
Desenvolvimento sustentável
Estratégia
Ovinocultura
Quaraí (RS)
[en] Familiar ovine-culture
[en] Social capital; strategies
[en] Strategies
[en] Sustainable development
Resumo A ovinocultura, quando bem estruturada, pode ser desenvolvida tanto em grandes propriedades como em propriedades familiares pela baixa necessidade de investimento de capital inicial, se comparada com atividades como a bovinocultura e o cultivo de arroz, e pela capacidade da espécie ovina se adaptar a diversos agrossistemas, e isso faz com que essa atividade possua um potencial latente para alicerçar o desenvolvimento rural local. É importante afirmar que este desenvolvimento local é construído em meio a relações sociais e estratégias construídas pelos próprios atores locais. Dessa forma, este estudo propõe como objetivo compreender a influência da construção do capital social na criação de estratégias técnico-produtivas e organizativas por ovinocultores familiares do município de Quaraí, no estado do Rio Grande do Sul. Para tanto, foram adotadas perspectivas teóricas que abordam os conceitos de desenvolvimento sustentável, dimensão territorial do desenvolvimento, pecuarista familiar, cultura política participativa no Brasil e capital social, os quais servirão de modelo de interpretação do objeto de estudo. Diante do objetivo proposto, pretendeu-se analisar como se constrói o capital social em torno das principais questões técnico-produtivas e organizativas na ovinocultura familiar e entender qual a importância, para o ovinocultor, da construção deste tipo de capital frente às limitações apresentadas pela atividade. Também se buscou identificar os principais atores sociais que estão trabalhando na superação destas limitações. Esta investigação essencialmente qualitativa tem o caráter exploratório, e contou com a realização de entrevistas cujos roteiros foram semiestruturados, e direcionados aos ovinocultores locais e representantes de instituições locais. Os resultados, analisados à luz da revisão de literatura selecionada, apontam que a carência na construção de capital social está dificultando a conexão entre esses atores sociais locais, assim como, o fluxo de conhecimento, formal ou informal, os quais permitiriam aos indivíduos desenvolverem suas competências e habilidades indispensáveis para o desenvolvimento pessoal e coletivo.
Abstract The ovine-culture if well structured, can be developed both in large farms as in family farms, for its low initial capital requirements, compared to activities such as cattle raising and cultivation rice, and for the ability of sheep to adapt to different agro-systems, and this makes that this activity has a latent potential to underpin the local rural development. It's important to affirm that this local development is constructed among social relations and strategies constructed by the own local actors. In this way, this study proposes as objective to understand the influence of the construction of social capital in the creation of thecnical-productive and organizational strategies by the familiar ovine-cultivators from the municipality of Quaraí, in the state of Rio Grande do Sul. Thus, theorical perspectives were adopted that addresses the concepts of sustainable development, territorial dimension of development, familiar farmer, participatory political culture in Brazil and social capital, which will serve as a model of interpretation of the object of study. Given the stated objective, it was intended to analyse how to build the social capital around the main thecnical-productive and organizational issues in the familiar ovine-culture, and to understand witch is the importance for the ovine-cultivator, of the construction of this type of capital facing the limitations presented by the activity. It also tried to identify the main social actors who are working to overcome these limitations. This essentially qualitative investigation has the exploratory character, and it counted on the fulfilment of interviews whose scripts were semi-structured, and directed to the local ovine-cultivators and representatives of local institutions. The results, analyzed at light of a review of selected literature, aim that the lack in the construction of social capital is making difficult the conection among these local social actors, as well as the flux of knowledge, formal or informal, which allowed the individuals to develop their indispensable competences and abilities for the personal and collective development.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/54611
Arquivos Descrição Formato
000855042.pdf (804.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.