Repositório Digital

A- A A+

A intuição e a imaginação na aprendizagem do infinito

.

A intuição e a imaginação na aprendizagem do infinito

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A intuição e a imaginação na aprendizagem do infinito
Autor Silveira Filho, Jairo Luiz
Orientador Hoppen, Carlos
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Matemática. Curso de Matemática: Licenciatura.
Assunto Aprendizagem : Matematica
Infinito
Resumo Neste trabalho analisamos as dificuldades envolvidas na aprendizagem do infinito relacionando-as com a evolução desse conceito ao longo da história. Para isso, propomos uma experiência didática inspirada na pesquisa de Fischbein, Hess e Tirosh, "The intuition of infinity" (1979), testada com alunos de Ensino Médio. Fundamentamos nossas observações e conclusões a partir da concepção de "modelo tácito" (tacit model) de Fischbein, estabelecendo relações com a perspectiva bachelardiana dos "obstáculos epistemológicos". Diante das dificuldades observadas, tanto na revisão histórica quando em sala de aula, consideramos a influência da intuição e da imaginação nos equívocos e sucessos obtidos nas diversas tentativas de entender e explicar esse conceito.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/54861
Arquivos Descrição Formato
000856456.pdf (923.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.