Repositório Digital

A- A A+

Indentificação de neospora caninum por reação de imunofluorescência indireta utilizando-se soropositividade para HIV como parâmetro de imunodeficiência em amostras de soros humanos do Hospital de Clínicas de Porto Alegre

.

Indentificação de neospora caninum por reação de imunofluorescência indireta utilizando-se soropositividade para HIV como parâmetro de imunodeficiência em amostras de soros humanos do Hospital de Clínicas de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Indentificação de neospora caninum por reação de imunofluorescência indireta utilizando-se soropositividade para HIV como parâmetro de imunodeficiência em amostras de soros humanos do Hospital de Clínicas de Porto Alegre
Outro título Identification of Neospora caninum by indirect immunofluorescence reaction using HIV seropositivity as a parameter in samples immunodeficiency human sera from Hospital de Clinicas de Porto Alegre
Autor Nunes, Edelvan
Orientador Stobbe, Neusa Saltiel
Co-orientador Kanan, Joao Henrique Correa
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Curso de Biomedicina.
Assunto Infecções
Neospora caninum
Síndrome de imunodeficiência adquirida
[en] HIV
[en] Human serum
[en] IgG antibodies
[en] Neospora caninum
Resumo Introdução: Neospora caninum é um protozoário intracelular cujos hospedeiros definitivos são cães domésticos, dingos e coiotes. Não há evidências de neosporose em humanos, mas a chance de humanos contraírem a doença não pode ser descartada. Este trabalho objetiva verificar e correlacionar a frequência de anticorpos contra N. caninum em pessoas soropositivas e soronegativas para o vírus da imunodeficiência adquirida. Métodos: As amostras utilizadas foram soros humanos, separados em grupos quanto a presença de anticorpos IgG para o HIV: um grupo de soropositivos para HIV com 310 amostras; outro de soronegativos para HIV, mas com outras possíveis patologias, composto por 248 amostras; e o terceiro grupo de doadores de sangue soro negativos para HIV e outras patologias, composto por 50 amostras. As amostras foram triadas pela reação de imunofluorescência indireta. Resultados: A análise estatística dos resultados mostrou, que a proporção de infectados por N. caninum é maior em pacientes portadores de HIV (92/310) que em doadores de sangue (9/50) e pacientes não portadores de HIV (42/248) (χ 2 = 11,1406 > χ2 0,05;1 =3,84 e P=0,0008). Comparando-se pacientes soronegativos para HIV e doadores de sangue, não houve aumento significativo na presença de anticorpos de para N. caninum (risco relativo = 0,9163; IC95% = [0,4718 a 1,7772]; z = 0,0649; p = 0,9483). Conclusões: É possível haver associação entre a infecção por HIV e ocorrência de anticorpos para N. caninum, sustentando a continuidade do estudo para esclarecer o papel da infecção por N. caninum em indivíduos imunocomprometidos. O papel de outras patologias concomitantes também deve ser avaliado.
Abstract Introduction: Neospora caninum is an intracellular protozoan whose definitive hosts are domestic dogs, dingoes and coyotes. No evidence of neosporosis in humans, but the chance of humans contracting the disease cannot be ruled out. This work aims to verify and correlate the frequency of antibodies against N. caninum in seropositive individuals and seronegative for human immunodeficiency virus. Methods: The samples used were human sera, separated into groups for the presence of IgG antibodies to HIV: a group of 310 HIVseropositive samples, another HIV-negative, but with other possible conditions, consisting of 248 samples, and a third group of donors of blood serum negative for HIV and other diseases, composed of 50 samples. The samples were screened by indirect immunofluorescence. Results: Statistical analysis of results showed that the proportion of infected N. caninum is higher in patients with HIV (92/310) than in blood donors (9/50) and patients without HIV (42/248) (χ 2 = 11,1406 > χ2 0,05;1 =3,84 e P=0,0008). Comparing HIV-negative patients and blood donors, there was no significant increase in the presence of antibodies to N. caninum (risk Ratio = 0.9163, 95% CI [0.4718 to 1.7772], z = 0.0649, p = 0.9483). Conclusions: There may be an association between HIV infection and occurrence of antibodies for N. caninum, maintaining the continuity of the study to clarify the role of infection by N. caninum infection in immunocompromised individuals. The role of other concomitant pathologies should also be evaluated.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/54870
Arquivos Descrição Formato
000856332.pdf (231.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.