Repositório Digital

A- A A+

Sobre estatística de dados bibliométricos em grupos de pesquisadores : universalidade e avaliação

.

Sobre estatística de dados bibliométricos em grupos de pesquisadores : universalidade e avaliação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sobre estatística de dados bibliométricos em grupos de pesquisadores : universalidade e avaliação
Outro título About statistics on bibliometric data of researchers’ groups: universality and evaluation
Autor Kalil, Fahad
Orientador Oliveira, Jose Palazzo Moreira de
Co-orientador Silva, Roberto da
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Informática. Programa de Pós-Graduação em Computação.
Assunto Ontologias
Recuperacao : Informacao
[en] Bibliometrics
[en] H-index
[en] Researchers’ analysis
Resumo Agências de fomento à pesquisa, centros de pesquisas, universidades e a comunidade científica de uma forma geral buscam incessantemente pelo aperfeiçoamento e aumento da qualidade da produção científica de seus pesquisadores. Logo, faz-se necessário que sejam providas ferramentas e métodos eficazes para obtenção de avaliações coerentes. Vários métodos têm sido propostos ao longo dos anos e diferentes formas de avaliação vêm sendo empregadas em órgãos reguladores, como a agência brasileira de pós-graduação CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), todavia algumas questões ainda foram pouco exploradas. Com o advento do índice h (hindex) de Hirsch, que une fundamentalmente quantidade com qualidade, pois avalia um conjunto de artigos de acordo com sua distribuição de citações, uma série de estudos com as mais variadas estatísticas têm sido propostos. Contudo, não há na literatura atual, por exemplo, uma expressão analítica para distribuição de índices h de um grupo de pesquisadores, nem a verificação da existência de universalidade desta distribuição para diferentes grupos e bases de dados. Este trabalho aborda, num primeiro momento, um estudo sobre a distribuição de índice h e de citações em três áreas científicas distintas: física, biologia e ciência da computação, que possuem diferentes práticas de publicações e métodos de pesquisa. O trabalho ainda propõe uma nova métrica para construção de rankings baseado no índice h sucessivo de segunda ordem, por nós denominada s-index, o qual torna possível a comparação entre grupos de pesquisadores de tamanhos diferentes, assim proporcionando, por exemplo, uma comparação em termos de produtividade de grupos com grande quantidade de pesquisadores e grupos menores, mas que ainda assim reflita seus potenciais de produção. Por fim, é realizado estudo da correlação entre o s-index desenvolvido no trabalho e a classificação de cursos de mestrado e doutorado recomendados e reconhecidos realizada pela CAPES, usando dados de pesquisadores de programas de pós-graduação em física e biologia. As abordagens apresentadas podem ser usadas na classificação de grupos de pesquisadores, a partir de uma visão quantitativa, tentando eliminar, assim, métodos qualitativos de avaliação de difícil generalização e replicação.
Abstract Research financing agencies, research centers, universities and the scientific community are frequently seeking for improvement and enhancement on the quality of researchers’ work. Therefore, it is necessary to provide optimized tools and methods to get consistent evaluations. Several methods have been proposed over the years and different forms of evaluation are used by agencies such as Coordination for the Improvement of Higher Level Personnel (Capes), although some issues have been overlooked. With the invention of the h-index (Hirsch), that binds quantity with quality by measuring a set of papers according to their citation distribution, many studies have been considered with several different statistical methods. In the current literature, it is not found an analytical expression for h-index distribution over a researchers’ group, nor the proof of universality in this kind of distribution for different groups and databases. This master thesis discusses primarily a study about h-index distribution and citations in three distinct scientific fields: physics, biology and computer science, which has different publication and research practices. Also, it is proposed a novel metric for ranking based on successive h-index, named as s-index, which makes possible to compare researchers’ groups with different sizes, providing for example, a comparison in terms of productivity on higher and smaller groups of researchers, reflecting their skills on scientific production. A correlation study is conducted in order to compare the s-index, developed in this thesis, with the classification of post-graduation courses performed by Capes, using data from postgraduation researchers in physics and biology. The approaches presented can be used to classify researchers’ groups through a quantitative view, by eliminating some qualitative evaluations that are hardly generalizable and replicable.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/54884
Arquivos Descrição Formato
000854151.pdf (3.382Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.