Repositório Digital

A- A A+

Efeito da erva-mate (Ilex paraguariensis) sobre o metabolismo de ratos tratados com dieta hiperlipídica

.

Efeito da erva-mate (Ilex paraguariensis) sobre o metabolismo de ratos tratados com dieta hiperlipídica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeito da erva-mate (Ilex paraguariensis) sobre o metabolismo de ratos tratados com dieta hiperlipídica
Autor Gomes, Luana Ferreira
Orientador Kucharski, Luiz Carlos Rios
Co-orientador Vinagre, Anapaula Sommer
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas: Fisiologia.
Assunto Dieta hiperlipidica
Erva-mate
Ilex paraguariensis
Metabolismo
Resumo A obesidade é definida por um acúmulo excessivo de gordura na forma de tecido adiposo. É um problema crescente, resultando em significativa morbidade e mortalidade por doenças relacionadas, bem como uma redução da qualidade de vida. O acúmulo excessivo de tecido adiposo que caracteriza a obesidade está diretamente relacionado ao desenvolvimento patologias que, coletivamente, compõem a chamada síndrome metabólica. O tecido adiposo é o principal reservatório energético do organismo, mas também é capaz de secretar substâncias com muitos efeitos biológicos e importante papel endócrino, como a leptina e o TNF-α. A erva-mate é uma espécie nativa das regiões subtropicais e temperadas da América do Sul. Estudos mostram efeitos benéficos associados à erva-mate, como a capacidade hipocolesterolêmica, antiinflamatória, anti-obesidade e cardioprotetora. Tem se atribuído esses efeitos benéficos a uma série de substâncias bioativas presentes na erva-mate, como as xantinas, dentre elas a cafeína, os polifenóis, os derivados de cafeiol, como o ácido clorogênico, e as saponinas. Assim, o presente estudo testou a hipótese de que a erva-mate pode reverter as alterações metabólicas causadas pela obesidade induzida por uma dieta hiperlipídica. Foram utilizados ratos Wistar machos, tratados com dieta controle ou dieta hiperlipídica e água ou erva-mate, formando 4 grupos experimentais. Foram avaliados o peso dos animais, a ingestão de alimento e bebida, o volume de tecido adiposo retroperitoneal e epididimal, foi realizado o teste de tolerância à glicose, foram avaliados os níveis de glicose, insulina, leptina, triglicerídeos, colesterol total e glicerol plasmáticos, a captação e oxidação de glicose e a lipólise e lipogênese in vitro. Os resultados demonstram que o modelo de dieta usado foi capaz de induzir um perfil metabólico associado à obesidade. Isto é evidenciado pelo aumento do peso final, da gordura abdominal, maior resistência à insulina, diminuição da captação e metabolização da glicose pelo tecido adiposo, aumento dos níveis de triglicerídeos e glicerol plasmáticos. No tecido adiposo, houve uma redução da lipogênese nos grupos com dieta hiperlipídica. Em relação à lipólise, foi observado um aumento da liberação de glicerol no grupo dieta controle com erva-mate e de ácidos graxos no grupo dieta hiperlipídica com água. Entretanto, a erva-mate não foi capaz de reverter todos os parâmetros alterados pela dieta hiperlipídica, melhorando apenas os níveis de triglicerídeos plasmáticos. Apesar disso, o presente trabalho traz resultados novos para a literatura, visto que não foram encontrados estudos que avaliem a influência da erva-mate sobre o metabolismo do tecido adiposo.
Abstract Obesity is defined by an excessive accumulation of fat in the form of adipose tissue. It is an ever-increasing problem nowadays, and has resulted in significant levels of morbidity and mortality caused by associated diseases, as well as reduced quality of life. The excessive accumulation of adipose fat in cases of obesity is directly related to the development of pathologies which collectively make up the so-called “metabolic syndrome”. Although adipose tissue is the body’s main source of energy, it is also able to secrete substances which produce a number of biological effects. In addition to this, it also plays an important endocrinal role by producing leptin and TNF-ɑ. Erva-mate is a species of plant which is native to the sub-tropical and temperate regions of South America. Studies have demonstrated the benefits related to erva-mate, such as improved hypocholesterolemic, anti-inflammatory, anti-obesive and cardioprotective capacity. These beneficial effects have been attributed to a series of bioactive substances which are present in erva-mate, such as xanthins (including caffeine), poliphenols, derivatives of cafeiol (such as clorogenic acid) and saponins. The purpose of this study was to test the hypothesis that erva-mate can reverse the metabolic alterations caused by obesity which has been induced by a hyperlipid diet. Male Wistar rats were divided into four experimental groups, and were given either a control diet or a hyperlipidic diet with water or erva-mate. The weight of the animals, their intake of food and liquids, and the volume of retroperitoneal and epididimal adipose tissue were all assessed. The rats were also tested for glucose tolerance, and the levels of glucose, insulin, leptin, triglycerides, total plasmatic cholesterol and glycerol, captation and oxidisation of glucose, and lipolysis and lipogenesis in vitro were all tested. The results show that the model of diet used was able to induce a metabolic profile associated to obesity. This is borne out by the increase in final weight and in abdominal fat, by an increased resistence to insulin, by the decrease in the captation and metabolisation of glucose by the adipose tissue, and by the increase in the levels of plasmatic triglycerides and glycerol. In the case of the adipose tissue, there was a reduction in lipogenesis in the groups fed with a hyperlipidic diet. As regards lipolysis, it was noted that there was an increase in the liberation of glycerol in the group fed with the control diet and erva-mate, and of fatty acids in the group fed with the hyperlipidic diet and water. Therefore the erva-mate was not able to reverse all the parameters altered by the hyperlipidic diet, and was only able to improve the levels of plasmatic triglycerides. In spite of this, the study succeeded in breaking new ground, since it appears this was the first experiment to assess the influence of erva-mate on the metabolism of adipose tissue.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/54951
Arquivos Descrição Formato
000855447.pdf (1.982Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.