Repositório Digital

A- A A+

Análise da medida da circunferência muscular do braço como fator prognóstico em carcinoma pulmonar não-pequenas células metastático

.

Análise da medida da circunferência muscular do braço como fator prognóstico em carcinoma pulmonar não-pequenas células metastático

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise da medida da circunferência muscular do braço como fator prognóstico em carcinoma pulmonar não-pequenas células metastático
Autor Tartari, Rafaela Festugatto
Orientador Kulczynski, Jane Maria Ulbrich
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências Pneumológicas.
Assunto Braço
Carcinoma pulmonar de células não pequenas
Estado nutricional
Neoplasias pulmonares
Pesos e medidas corporais
Prognóstico
[en] Advanced lung cancer
[en] Nutricional status
[en] Prognostic
Resumo INTRODUÇÃO: Pacientes com câncer de pulmão metastático compreendem uma população bastante heterogênea. A média de sobrevida é de 8-10 meses, porém 25-30% dos pacientes morrem dentro de 6 meses e aproximadamente 20% sobrevivem mais que 18 meses após a disseminação da neoplasia. Por isso, além da Escala de Karnosfky (KPS) e ECOG, outros fatores são necessários para estimar o prognóstico destes pacientes, proporcionando assim uma melhor programação da terapia antitumoral e qualidade de vida, além da possibilidade de estratificar grupos para avaliação de novas drogas. A circunferência muscular do braço (CMB) estima a reserva de proteína corporal, sendo um indicador precoce de depleção nutricional. É uma medida objetiva, rápida, de baixo custo e nãoinvasiva, em comparação com outras investigações bioquímicas. OBJETIVO: Avaliar a CMB como fator prognóstico em pacientes com câncer de pulmão metastático. MÉTODOS: Foi realizada análise de sobrevida em 56 pacientes com câncer de pulmão não pequenas células (CPNPC), em estadio IV, com mais de uma metástase, os quais tiveram suas CMBs mensuradas logo após o diagnóstico. Os resultados da CMB foram classificados de acordo com o Percentual de Adequação, ajustado por sexo e idade. Os pacientes foram caracterizados como eutróficos (CMB > 90%) ou depletados (CMB <90%), e suas sobrevidas foram comparadas. RESULTADOS: A amostra apresentou idade média de 63 anos (47-80). A média do Percentual de Adequação foi de 89% (66-122), apresentando depleção 55% dos pacientes. A sobrevida média foi de 6,2 meses (95% IC:5,1-7,3). Nos pacientes eutróficos, a média de sobrevida foi 10,2 meses (95% IC: 9,2-11,1), e nos depletados foi de 5 meses (95% IC: 4,2-5,8), apresentando diferença estatisticamente significativa entre os dois grupos (P < 0.001). Esta diferença permaneceu significante na análise multivariada (P<0,001, análise de COX) com as co-variáveis KPS, idade, sexo, quimioterapia. CONCLUSÃO: Avaliação da CMB é um forte fator prognóstico em pacientes com CPNPC. Neste estudo, os pacientes depletados, com Percentual de Adequação da CMB < 90% tiveram baixa sobrevida global.
Abstract INTRODUCTION: Stage IV patients with lung cancer comprises a very heterogenous population. The median survival is 8-10 months but 25-30% of patients dies within 6 months and about 20% of patients survive longer than 18 months after metastatic spread. Strong prognostic factors other than karnofsky status or ECOG status are still needed to even better estimate the prognosis of these patients and to help in the decision making process of planning standard treatment options or to stratify patients for inclusion in innovative treatment trials. The mid arm muscular circunference (MAMC) is a bedside anthropometric measurement that estimates corporal protein reserve which is an early indicator of nutritional depletion. It has the advantages of being objective, rapid, repeatable, non-invasive and in-expensive in comparison to various biochemical investigations. OBJECTIVE: Our purpose was to evaluate MAMC as a potential prognostic factor in patients with metastatic lung cancer. METHODS: A prospective survival analysis of 56 non-selected, consecutive patients (29 women) with metastatic non small lung cancer who had their MAMC measured in the first nutritional evaluation. The MAMC results were expressed as a percentage of the expected reference values adjusted for sex and age. Patients were categorized as normal (MAMC > 90%) or depleted (AMC < 90%) and their overall survival was compared. RESULTS: The mean age of patients was 63 years (range 47 - 80). The mean MAMC percentage of the expected value was 89 (range 66 – 122), with 55% of our patients (31) classified as depleted by MAMC measurement. Median overall survival of all patients was 6,2 months (95% CI: 5,1 – 7,3). In the group of patients with normal MAMC, median overall survival was 10,2 months (95% CI: 9.2 – 11.1). In patients classified as depleted, the mean overall survival was 5.0 months (95% CI: 4.2 – 5.8). The overall survival differences between these two groups defined by the MAMC (normal x depleted), was highly statistically significant (P < 0.001 by the logrank test, HR=0.21, 95%CI: 0.09 – 0.5 for patients with normal MAMC). These differences remained significant in a multivariated analysis (P<0.001 by the Cox proportional hazards method), with the Karnofsky status, age, chemotherapy and sex as covariates. CONCLUSIONS: One measurement of mid arm muscular circumference in the first nutritional evaluation is a strong prognostic factor in patients with metastatic non small cell lung cancer. In our series, patients with <90% of expected MAMC had poor overall survival.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/55128
Arquivos Descrição Formato
000856249.pdf (822.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.