Repositório Digital

A- A A+

Especificidade de ativos e capacidade tecnológica : uma análise da relação no setor vitivinícola gaúcho

.

Especificidade de ativos e capacidade tecnológica : uma análise da relação no setor vitivinícola gaúcho

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Especificidade de ativos e capacidade tecnológica : uma análise da relação no setor vitivinícola gaúcho
Autor De Rossi, Greice
Orientador Zawislak, Paulo Antonio
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Ativos específicos
Capacidade tecnológica
Setor vitivinícola
[en] Asset specificity
[en] Relationship
[en] Technological capability
[en] Wine
Resumo Os limites de uma firma são determinados a partir das capacidades e recursos que esta possui. A firma não poderá desenvolver atividades que necessitem de capacidades e recursos dos quais não dispõe, ao menos que seja capaz de aprimorar tais elementos em sua estrutura. A capacidade tecnológica é o conjunto de habilidades que permitem este aperfeiçoamento e que determina a diferenciação dos recursos da firma, gerando suas especificidades, ou o que chama-se de ativo específico. A capacidade tecnológica e os ativos específicos atuam para que a firma apresente vantagens competitivas e se mantenha atuante frente a um mercado que muda constantemente. Contudo, as diferenças que podem ser percebidas de setor para setor de atividade, ou até mesmo entre firmas de um mesmo setor, são capazes de influenciar a relação entre tais elementos para o desenvolvimento da firma. Com o intuito de analisar a relação entre os ativos específicos e a capacidade tecnológica, foi conduzida uma survey no setor vitivinícola gaúcho. A escolha do setor deve-se a sua busca contínua para expressar a singularidade de suas técnicas através do produto que comercializa, o vinho. Ademais, o setor vitivinícola gaúcho concentra atualmente mais de 90% da produção brasileira de uva e derivados. Foram entrevistadas 221 vinícolas, com vistas a avaliar a especificidade de ativos e a capacidade tecnológica em seus negócios. Após avaliar as variáveis mencionadas, realizou-se testes de análise de regressão para conhecer o comportamento entre as variáveis, a forma como se relacionam no setor. Através dos testes realizados foi possível verificar que como formas de predição, ou seja, o quanto uma variável é capaz de determinar a variância de outra, os ativos específicos e a capacidade tecnológica representam somente 31% deste poder e, que ainda existe uma discreta superioridade de influência da capacidade tecnológica nos ativos específicos. Foi possível também realizar uma análise por tipo de produto, e observou-se que tanto vinícolas que se destacam na produção do vinho de mesa, quanto as que dedicam-se ao vinho fino apresentam níveis de especificidade de ativos e características acerca de sua capacidade tecnológica semelhantes. Os resultados mencionados destacam o potencial que pode ser encontrado no vinho de mesa, com vistas a reduzir as diferenças de qualidade deste produto em comparação ao vinho fino. Este último, já se encontra em um patamar mais elevado de desenvolvimento, no entanto o vinho de mesa também pode ser encarado como um produto de alta qualidade, porém com características distintas e que, na realidade, agradam uma significativa parcela dos consumidores brasileiros.
Abstract Firm boundaries are determined by its capabilities and resources. The firm cannot develop activities that require capabilities and resources it does not have, unless it can improve those elements in its structure. Technological capability is the set of skills that allow this improvement and define resources’ differentiation, generating its specificity, or what is called asset specificity. Technological capability and asset specificity provide competitive advantage to the firm and maintain its operations in a constantly changing market. However, differences between industries, or even between firms in the same industry, could influence the relationship of these elements for the firm’s development. In order to analyze the relationship between asset specificity and technological capability, a survey has been carried out in the wine industry. This industry has been selected due to a constant search to express the uniqueness of its techniques through its product, wine. Moreover, the focus is on the wine industry of Rio Grande do Sul state, which concentrates over 90% of Brazilian grape products. It has been interviewed 221 wineries, with the aim to assess the asset specificity and technological capabilities in their business. After evaluating these variables, regression analysis tests have been performed to understand the way variables are related in the mentioned industry. It has been verified that as a mean of prediction, i.e., how much of a variable can predict the other variable’s variance, asset specificity and technological capability represent only 31% of this power, but there is still a slight superiority of technological capability influence on asset specificity. An analysis based on the type of product has been also conducted, which showed that both wineries, those who excel in the production of table wine, and those who are dedicated to fine wine, present levels of asset specificity and technological capacity characteristics alike. The results emphasize the potential table wines may have, in order to reduce the differences in quality when compared to fine wine. The latter is already in a higher level of development, however, table wine can also be seen as a product of high quality, but with different characteristics, that actually, please a significant portion of Brazilian consumers.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/55138
Arquivos Descrição Formato
000854338.pdf (2.378Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.