Repositório Digital

A- A A+

Acontecimento e história nas páginas da revista Veja : uma análise das reportagens sobre o primeiro governo da ditadura civil-militar argentina (1976-1981)

.

Acontecimento e história nas páginas da revista Veja : uma análise das reportagens sobre o primeiro governo da ditadura civil-militar argentina (1976-1981)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Acontecimento e história nas páginas da revista Veja : uma análise das reportagens sobre o primeiro governo da ditadura civil-militar argentina (1976-1981)
Autor Dornelles, Roberto Anderson
Orientador Fonseca, Virginia Pradelina da Silveira
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação.
Assunto Acontecimento (Comunicação)
Ditadura militar : Argentina
Reportagem
Veja (Revista)
[en] Civil-military dictatorship in Argentina
[en] Event
[en] History
[en] Journalism
[en] Veja magazine
Resumo Este trabalho procura analisar as relações entre jornalismo impresso e política numa perspectiva histórica. Especificamente, o tema da pesquisa é a cobertura jornalística de uma revista brasileira de periodicidade semanal e de circulação nacional, a revista Veja, sobre os acontecimentos sociais, políticos e militares, ocorridos durante o primeiro governo da ditadura civil-militar argentina entre os anos de 1976 e 1981. Este tema surge da constatação da importância do jornalismo impresso no processo de divulgação de informações ligadas à política, principalmente no período contemporâneo da história. Em termos gerais, esta pesquisa pode ser compreendida em duas dimensões: a primeira relacionada diretamente ao objeto empírico. Neste caso optamos por trabalhar com o conteúdo publicado pela revista Veja sobre os acontecimentos sociais ocorridos na Argentina entre os anos de 1976 e 1981, que corresponde ao período do primeiro governo ditatorial comandado pelo general Jorge Rafael Videla, por ter sido o governo que instaurou o regime e esteve a maior parte do período ditatorial no poder. A segunda dimensão está relacionada ao objeto teórico – que se circunscreve, num primeiro momento, à discussão da possibilidade de o jornalismo constituir-se como uma forma de conhecimento social, e, num segundo momento, na relação do acontecimento social com o acontecimento jornalístico no âmbito de um registro de uma história imediata. O método que fundamenta esta dissertação é o Materialismo Histórico-Dialético, tendo nas categorias de totalidade, historicidade e contradição o suporte para a condução da pesquisa. A metodologia articuladora da pesquisa foi Análise de Conteúdo que auxiliada pela Pesquisa Teórica Bibliográfica possibilitaram a análise das reportagens da revista Veja sobre os acontecimentos ocorridos durante o primeiro governo da ditadura civil-militar argentina. Como principais resultados, averiguamos que a cobertura de Veja se constituiu por meio da ênfase em quatro grandes temáticas: (a) Militares no poder; (b) Violência; (c) Disputa interna e (d) Relações internacionais; também constatamos que a abordagem da revista os acontecimentos relacionais à Argentina foi mediada por uma forma de concepção da realidade fundamentada na tradição liberal de pensamento.
Abstract This paper analyzes the relationship between print journalism and politics in historical perspective. Specifically, the research theme is the coverage of a brazilian weekly magazine and national circulation, Veja magazine, about the social, political and military, which occurred during the first administration of civil-military dictatorship in Argentina between the years 1976 and 1981. This issue arises from the realization of the importance of print journalism in the process of dissemination of information related to politics, especially in the contemporary period of history. In general, this research can be understood in two dimensions: the first directly related to the empirical object. In this case we chose to work with content published by Veja magazine about the social events that occurred in Argentina between 1976 and 1981, which corresponds to the first period of dictatorial government led by General Jorge Rafael Videla, because it was the government that initiated the and the system has been most of the period dictatorial power. The second dimension is related to the theoretical object – which is limited at first, to discuss the possibility of journalism constitute itself as a form of social knowledge, and, secondly, in respect of the social event with the event in journalism part of a record of an immediate history. The method underlying this dissertation is the Historical and Dialectical Materialism, and the categories of totality, contradiction and historical support for the conduct of research. The methodology of articulating research was aided Analysis of Contents that allowed by the Bibliographical Research Theoretical analysis of Veja magazine reports on the events during the first administration of civil-military dictatorship in Argentina. The main results, we observed that the coverage See constituted by an emphasis on four major themes: (a) Military in power, (b) Violence, (c) Internal dispute and (d) International relationships; also found that the approach to review the relational events in Argentina was mediated by a form of conception of reality grounded in the liberal tradition of thought.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/55347
Arquivos Descrição Formato
000855588.pdf (28.37Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.