Repositório Digital

A- A A+

Framework de avaliação da satisfação interna com os resultados operacionais do sistema de produção enxuta

.

Framework de avaliação da satisfação interna com os resultados operacionais do sistema de produção enxuta

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Framework de avaliação da satisfação interna com os resultados operacionais do sistema de produção enxuta
Autor Primerano, Leandro
Orientador Macada, Antonio Carlos Gastaud
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Framework
Instrumento de avaliacao
Produção enxuta
Satisfação dos consumidores
[en] Framework
[en] Lean manufacturing
[en] Perceptions evaluation
[en] User satisfaction
Resumo As indústrias estão investindo cada vez mais em sistemas de produção que as auxiliem a melhorar seu desempenho operacional, e nesse contexto o sistema de produção enxuta vem sendo adotado. Avaliar as percepções dos usuários, baseadas na satisfação interna, é um ponto a ser explorado, bem como entender se há diferentes visões entre níveis hierárquicos distintos. O tema deste trabalho é a produção enxuta e seu objetivo é avaliar a satisfação interna dos usuários com os resultados operacionais do sistema. O método utilizado foi a pesquisa survey, elaborada a partir da combinação e adaptação de dois modelos da literatura, o de DeLone e McLean (1992) para medição do sucesso de sistemas de informação, e o de Torkzadeh e Doll (1999) para medição do impacto da TI no usuário final. Um teste preliminar foi utilizado para definir as variáveis mais relevantes para o sucesso do sistema, segundo a percepção de usuários de uma indústria montadora. As respostas desse teste auxiliaram na elaboração do framework de pesquisa que resultou no desenvolvimento do questionário, aplicado em quatro indústrias da região da grande Porto Alegre. Fizeram parte da coleta de dados usuários de grupos indiretos, aqueles que não atuam diretamente nos processos de montagem, e usuários de grupos diretos, que atuam em processos de fabricação das linhas de produção. Após a coleta de dados o instrumento foi validado através de testes estatísticos, onde se encontraram valores satisfatórios para o Alfa de Cronbach, CITC, KMO e esfericidade de Bartlett. A AFE discriminante sugeriu a criação de duas novas variáveis, “Qualidade”, gerada por “Qualidade do Sistema” e “Melhoria Contínua”, e “Ganhos Operacionais”, gerada por “Produtividade” e “Redução de Estoques”. A regressão múltipla mostrou que as variáveis independentes “Qualidade” e “Ganhos Operacionais” são as mais significantes estatisticamente, frente a variável dependente “Impacto Individual”. A avaliação dos resultados operacionais apontou maior nível de satisfação para a variável “Controle Gerencial”. Os testes comparativos entre os resultados dos dois grupos mostraram diferenças significativas de percepções, sendo o grupo dos indiretos mais otimista em relação aos resultados operacionais do que o grupo dos diretos.
Abstract Industries are investing more and more in production systems which help them to improve their operational performance, and in this context, the lean manufacturing system is being adopted. Evaluate the system success, according internal satisfaction, is an issue to be explored, as well as to understand if there are different perceptions between distinct employees categories. The purpose of this research is lean manufacturing, and the objective is to evaluate the users internal satisfaction with system operational results. The applied method was a survey, built from the combination and adaptation of two previous models, the one from DeLone and McLean (1992) to evaluate the success of an information system, and the one from Torkzadeh and Doll (1999) to measure the IT impact at final users. A preliminary test was used to define the more relevant variables to lean manufacturing system success, according the users perception from an assembler industry. The answers from this test helped to develop the research framework, which result in the survey development, applied at four industries from Porto Alegre region. The data were collect from indirect workers, the ones that don’t directly work at assembly process, and direct production workers, which work at shop floor, with assembly lines fabrication process. After collected the samples, the instrument was validated through statistical tests, with satisfactory values for Cronbach’s Alfa, CITC, KMO and Bartlett’s test. The exploratory factorial analysis suggested the creation of two new variables, “Quality”, generated from “System Quality” and “Continuous Improvement”, and “Operational Empowerment”, generated from “Productivity” and “Stock Reduction”. The multiple regression showed that the independent variables “Quality” and “Operational Empowerment” are the most statistical relevant, against the dependent variable “Individual Impact”. Operational results evaluation indicated the higher satisfaction index for the variable “Manager Control”. Comparative tests between results from the two groups showed significant perception differences, with the indirect group more optimist with the results than the direct group.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/55423
Arquivos Descrição Formato
000857961.pdf (1.945Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.