Repositório Digital

A- A A+

Desenhando uma tecnologia social como suporte à gestão de áreas de risco geológico : o exemplo do laboratório de inteligência do ambiente urbano na Escola Municipal Judith Macedo de Araújo, Morro da Cruz

.

Desenhando uma tecnologia social como suporte à gestão de áreas de risco geológico : o exemplo do laboratório de inteligência do ambiente urbano na Escola Municipal Judith Macedo de Araújo, Morro da Cruz

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Desenhando uma tecnologia social como suporte à gestão de áreas de risco geológico : o exemplo do laboratório de inteligência do ambiente urbano na Escola Municipal Judith Macedo de Araújo, Morro da Cruz
Autor Gasparini, Carla Beatris
Orientador Menegat, Rualdo
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Curso de Geologia.
Assunto Cruz, Morro da (RS)
Geologia urbana
Gestão ambiental urbana
[en] Communitarian committee of the civil defence
[en] Environmental education
[en] Environmental urban geology
[en] Natural disaster
[en] Urban geology
Resumo Em 2008, pela primeira vez na história humana, a população urbana é maior do que a rural. A vida nas megacidades fez com que os cidadãos perdessem a possibilidade de relacionar os riscos de edificação de suas moradias com a dinâmica de longo termo da geopaisagem circundante. A expansão dos limites urbanos em áreas de grande perigo geológico tem revelado, de modo crescente, a problemática dos riscos a desastres naturais e a vulnerabilidade enfrentada pelos cidadãos que ali habitam. O estudo sobre a gestão ambiental urbana assume um lugar importante na sociedade contemporânea, pois busca evitar, prevenir e mitigar os impactos e riscos da ocupação inadequada. O presente estudo objetivou desenvolver tecnologia social para a avaliação em detalhe de treze habitações localizadas em duas áreas de risco geológico no Bairro São José, Morro da Cruz, município de Porto Alegre. Tal tecnologia consistiu na formação de agentes socioambientais mirins na Escola Judith Macedo de Araujo de sorte a capacitá-los a aplicar um roteiro de cadastro de risco para fins de elaborar uma avaliação expedita do grau de risco geológico das edificações situadas no bairro onde estudam e moram. Posteriormente, os resultados dos alunos foram comparados com aqueles obtidos por técnico especializado a partir da aplicação do mesmo cadastro. Embora a determinação do grau de risco não tenha sido de todo coincidente, o diagnóstico pormenorizado de cada passo do cadastro – como inclinação do terreno, caminhos da água, vegetação, sinais de movimentação e instabilidade – teve grande semelhança. Além disso, como parte da metodologia, os agentes socioambientais mirins também conseguiram produzir materiais didáticos de difusão dos conhecimentos adquiridos. Assim, suas experiências significativas serviram de base para que replicassem programas de aprendizagem sobre áreas de risco geológico no Laboratório de Inteligência do Ambiente Urbano da Escola, visitado pela comunidade escolar. Foi possível reconhecer que metodologias que incluem formação conceitual por meio de uma didática apropriada e inserida na investigação do lugar ajudam as pessoas a entenderem a realidade onde habitam. Dessa forma, os núcleos comunitários de defesa civil em Porto Alegre, previstos pela legislação (Decreto 9.250/1988), poderiam utilizar-se dessa tecnologia social para desenvolver programas continuados de gestão de riscos.
Abstract By the time of 2008, for the first time in human history, the urban population is bigger than rural population. Human affairs in megacities leave citizens to lack relations between the risks to build their houses and the long term dynamics of the geolandscape where they live. The urban sprawl to geohazards areas had raised problems related to environmental risk management and the citizens’ vulnerabilities. Nowadays, studies about urban environmental management had richen an important role for the society, due to investigations about how to avoid, prevent and mitigate environmental impacts and risk of inadequate land use. This work aims to propose a social technology to make detailed evaluations of houses placed in two geohazard areas of São José neighborhood, Morro da Cruz, in Porto Alegre municipality. This social technology includes a course to instruct young socioenvironmental agents of the Judith Macedo de Araujo School. During the course, young agents trained the ability to apply a risk information register and diligent evaluation of the geological risk grade of houses located in the same neighborhood where they are living and studying. Subsequently, the results obtained by the young agents were compared with those acquired by a specialist that used the same risk information register. Although the differences in identification of risk grade between these two surveys register, the data about each phase of the detailed diagnostic – that include items as slope angle, water paths, vegetation, vestige of landmass movement and instability – was very similar. In addition, as part of the methodology, the young socio-environmental agents had elaborated didactic materials in order to diffuse the knowledge acquired. Thus, theirs significant experiences were the base to become themselves monitors of learning programs about geological risk areas in the urban environmental intelligence laboratory of the school, which is visited by all students and school community. It was possible to recognize that methodologies that include conceptual leaning and training by using an appropriate didactic and a formation immersed in the place investigation, help people understand the environmental reality where they live. In this way, Communitarian Committees of Civil Defense of Porto Alegre municipality, like defined by Act 9.250/1988, could use social technology like proposed in this work in order to develop continuing programs of risk management.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/55693
Arquivos Descrição Formato
000858707.pdf (7.925Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.