Repositório Digital

A- A A+

Quantificação de elementos-traço em arroz

.

Quantificação de elementos-traço em arroz

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Quantificação de elementos-traço em arroz
Autor Poletti, Jucelaine
Orientador Pozebon, Dirce
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Química. Curso de Química: Bacharelado.
Assunto Arroz
Elementos-traço
Resumo O arroz é um alimento básico para milhões de pessoas em todo o mundo. Seu cultivo é realizado, principalmente na forma irrigada, cujo meio de crescimento das plantas favorece a absorção de elementos presentes no solo e na água de irrigação. Deste modo, além de ser um importante alimento, o arroz pode ser uma fonte de contaminantes. Neste contexto, o presente trabalho teve por objetivo desenvolver uma metodologia analítica para quantificação de elementos-traço em arroz, além de comparar os diferentes tipos quanto às concentrações de diversos elementos, incluindo As, Pb e Cd que são controlados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Foram analisadas amostras de diferentes cultivares (agulhinha, branco e cateto), de diferentes processamentos (polido, integral, parboilizado) e de diferentes formas de cultivo (orgânico, biodinâmico e convencional), adquiridas em supermercado e/ou feiras livres. As amostras foram moídas em moinho criogênico, peneiradas em malha de 0,08 mm e decompostas para a determinação de As, Cd, Pb, Tl, Sn, Sb, Li, Co, Cu, Mn, Se e Zn por ICP-MS (espectrometria de massa com plasma indutivamente acoplado); Cr, Ni e Mo por ICP OES (espectrometria de emissão óptica com plasma indutivamente acoplado); e As por HG-AAS (geração de hidretos-espectrometria de absorção atômica) e HG-ICP OES (geração de hidretos-espectrometria de emissão óptica com plasma indutivamente acoplado). Para a determinação do elemento As, foram também preparadas suspensões das amostras para posterior determinação do elemento por HG-AAS. Este método de preparo mostrou-se mais eficiente que a decomposição com ácido. As concentrações de As, Cd e Pb encontradas estão de acordo com a legislação do MAPA. Concentrações relativamente baixas de Tl, Sn, Sb, Li e Ni foram encontradas em todas as amostras analisadas. Os elementos As, Cd, Pb, Zn, Mn e Cu foram encontrados em maiores concentrações no arroz integral, sugerindo a prevalência desses elementos no farelo do arroz. Enquanto isso, no arroz parboilizado foram encontradas as menores concentrações de Pb, Mo, Cr, Se e Co.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/55887
Arquivos Descrição Formato
000859258.pdf (635.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.