Repositório Digital

A- A A+

O profeta desacreditado : uma leitura do projeto ficcional de Paulo Francis

.

O profeta desacreditado : uma leitura do projeto ficcional de Paulo Francis

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O profeta desacreditado : uma leitura do projeto ficcional de Paulo Francis
Autor Lanius, Eduardo de Oliveira
Orientador Fischer, Luís Augusto
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Estudos literários
Francis, Paulo, 1930-1997, Cabeça de negro
Francis, Paulo, 1930-1997, Cabeça de papel
Francis, Paulo, 1930-1997, Carne viva
Francis, Paulo, 1930-1997, Filhas do segundo sexo
Literatura brasileira
Narrador
Narrador (Hugo Mann) na obra de P. Francis
[en] Brazilian literature
[en] Narrator
[en] Romance of ideas
Resumo A ficção de Paulo Francis - um corpus formado por dois romances, Cabeça de papel e Cabeça de negro, partes de uma trilogia inconclusa, mais duas novelas, “Mimi vai à guerra” e “Clara, Clarimunda...”, publicadas sob o título geral Filhas do segundo sexo, e um romance póstumo, Carne viva - se apresenta como um experimento interessante do panorama literário brasileiro das últimas décadas. Jornalista de interesses culturais e políticos, Francis dotou suas narrativas de procedimentos usados nas crônicas publicadas ao longo de décadas na imprensa nacional, principalmente nos dois primeiros romances, cujo narrador, Hugo Mann, é extremamente digressivo, opinativo, irreverente e provocativo. É esse narrador, que filia o resultado a um tipo de subgênero que se poderia chamar de “romance de ideias”, que se quer investigar. Produto característico do século XX, Francis parece ter usado o romance de ideias para alcançar um tipo de fabulação que diagnosticasse as mazelas do Brasil, em um tipo de texto que se pretende também um painel histórico, sociológico, comportamental. Como coadjuvantes, entram os demais títulos de sua novelística.
Abstract Paulo Francis’s fiction - one corpus formed by two romances, Paper Head and Negro Head, which are parts of an unfinished trilogy, plus two novels, ‘Mimi goes to War’ and ‘Clara, Clarimunda...’ both published under the general title Daughters of the Second Sex, and the posthumous romance Live Flesh - appears as an interesting experiment in the Brazilian literary panorama of the last decades. A journalist with cultural and political interests, Francis produced his narrative using the same procedures he used in his chronicles published in national newspapers for decades, mainly in this two first romances, whose narrator, Hugo Mann, is extremely digressive, opinionated, irreverent and provocative. What this study aims to investigate is this narrator who links the result to a sort of subgenus that might be classified as ‘romance of ideas’. As a characteristic 20th Century product, Francis seems to have used his romance of ideas with the purpose of achieving a sort of fable that would diagnose Brazil’s sores. His writing also intends to be a historic, sociological and behavioural panel of the nation. His other novels enter like coadjutants.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/56021
Arquivos Descrição Formato
000858642.pdf (960.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.