Repositório Digital

A- A A+

A sucessão em pequenas e medias empresas familiares no municipio de lages

.

A sucessão em pequenas e medias empresas familiares no municipio de lages

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A sucessão em pequenas e medias empresas familiares no municipio de lages
Autor Poli, Decio Luiz
Orientador Fachin, Roberto Costa
Data 1994
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Sucessao : Empresa familiar : Empresa pequena e média : Planejamento : Estudo de caso : Lages (SC)
Resumo A presente dissertação é resultado de um estudo empírico sobre os problemas oriundos de diferentes modalidades utilizadas pelas PMEs familiares da região de Lages, do Estado de Santa Catarina, ao se defrontarem com o problema de sucessão, tentando estabelecer uma relação com o êxito do processo sucessório considerando a situação atual das empresas. Os resultados obtidos mostraram que as PMEs familiares que se defrontaram com o problema da sucessão e lograram relativo êxito, tiveram conseqüente continuidade e crescimento dos negócios. Tais empresas consideram o planejamento da sucessão como um problema da administração que deve ser encarado pelo dirigente, deliberando e incentivando o processo e permitindo a preparação interna do candidato em várias funções ou recebendo orientações sobre o comando, além do desenvolvimento intelectual adequado. A provisão para a sucessão na administração geral da empresa é entendido pelos dirigentes das PEMs familiares como um assunto a ser tratado, no máximo, no fórum familiar. O descaso com pessoas, agentes ou familiares envolvidos com a empresa tem gerado uma crise de liderança, provocando conflitos internos e externos com os novos dirigentes. As experiências das PMEs familiares que não conseguem selecionar um substituto para o comando geral, quando da morte do dirigente de topo, resultou, a longo prazo, na falência das empresas. Nas PMEs familiares estudadas, o êxito no planejamento da sucessão não se caracteriza apenas do ponto de vista do crescimento, mas da maneira pela qual está sendo conduzido o processo em atender as expectativas e interesses dos sócios/herdeiros. Na maioria das PMEs estudadas a mudança no comando é entendida como a divisão da herança e distribuição das funções internas da empresa,(mesmo sendo feitas a médio e longo prazo) ou ainda a divisão da empresa ou dos negócios.
Abstract The present dissertation is the result of an empirical study of the problems faced by the small and medium family enterprises of the region of Lages in the State of Santa Catarina, Brazil when the time of managerial succession arrives. It also deals with the alternatives considered by the enterprises studied and tries to relate the present situation of the enterprise with the success of the succession process. The small and medium family enterprises relatively successful when facing the succession problem progressed and obtained increased growth in their business. They have considered the planning of succession as a matter of management that must be faced by the owner or top executive as a leader, so that the process itself develops and allows the internal preparation of candidates for new places in different functions or orientations concerning the control of enterprise together with the adequate intellectual development. Measures taken to allow for succesion in the top management of the enterprise have been treated as a question restricted to the family members at most. Disregard for people, agents and the family involved with the enterprise have given rise to leadership crises and internal and externai conflits with the new executive. Small and medium family enterprises that have not been able to properly select a substitute for top management in the event of death of the top manager, have resulted in bankruptcy in the long run. In the small and medium family enterprises which were studied the success of the planning of the succession is not only characterized from the point of view of business growth but also by the way the process has been made to correspond to the expectations and interests of the family heirs. The majority of interviewees see that the change in the command is understood as a division in the heritage as well as the distribution of the internal functions of the enterprise and the breakup of the enterprise finto different business units.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/56185
Arquivos Descrição Formato
000202351.pdf (953.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.