Repositório Digital

A- A A+

Aspectos básicos da medicina embasada em evidências

.

Aspectos básicos da medicina embasada em evidências

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aspectos básicos da medicina embasada em evidências
Autor Wagner, Mario Bernardes
Resumo Objetivos: Descrever os aspectos básicos da medicina embasada em evidências. Métodos: Revisão de diversos livros de epidemiologia, bioestatística e artigos selecionados. Resultados: A incerteza está presente em todos os níveis da prática médica atual, indo desde o diagnóstico até a conduta adotada pelos médicos. Entende-se que há um elemento subjetivo intrínseco à atuação médica. Esta subjetividade induz a grandes variações na prática médica de uma localidade à outra e, às vezes, até dentro de um mesmo serviço. Assim, estão surgindo movimentos que propõem formas consideradas mais adequadas de se manejar as incertezas da prática médica. Dentro desse contexto emerge a medicina embasada em evidências. Conclusão: Por tratar-se de uma concepção relativamente nova a abordagem sistemática e quantitativa da medicina embasada em evidências ainda não atraiu muitos médicos que preferem tratar seus pacientes baseados somente no raciocínio fisiopatológico. No entanto, o processo do raciocínio fisiopatológico é muitas vezes insuficiente na explicação dos mecanismos de doença em seres vivos, levando a uma lógica equivocada. A medida que nosso conhecimento aumenta, espera-se que o manejo das situações clínicas seja mais acurado. Entretanto, sempre haverá margens para dúvidas. É preciso que os médicos encarem as incertezas da conduta médica de uma forma mais positiva. Assim, para que a prática médica atual evolua de uma forma satisfatória no futuro a questão da incerteza deverá ser tratada de uma forma global e sensata. A abordagem da medicina embasada em evidências propõe a utilização combinada do conhecimento médico calcado nas melhores estimativas das probabilidades envolvidas nas condutas e procedimentos aliados aos valores dos pacientes.
Abstract Objectives: To briefly describe essential elements of evidence-based medicine. Methods: Review of a number of epidemiology and biostatistics textbooks and selected articles. Results: There is a considerable amount of uncertainty in medical practice expanding from diagnosis to treatment. There is also a subjective element involved in medical decisions. This subjectivity has lead to different approaches between different regions or countries and sometimes within the same ward. Due to this fact there are movements in favor of a more adequate way of dealing with these uncertainties in medical practice. This approach is evidence-based medicine. Conclusion: Since evidence-based medicine is a new systematic and quantitative approach to medical practice it does not appeal to many doctors who prefer to manage illness on the basis of pathophysiological reasoning. However, this approach is considered insufficient to explain all disease mechanisms and frequently leads to false logic. As our knowledge increases, there is hope that the management of medical conditions will become more certain. Nevertheless, the element of uncertainty will never be eliminated. Doctors need to face uncertainty in a more positive way. If medical knowledge is the evolve satisfactorily in the future there must be a sound and comprehensive approach for uncertainty. Evidence-based medicine deals with uncertainty combining medical knowledge, probability estimates for the consequences and benefits our actions and patient values.
Contido em Jornal de pediatria. Porto Alegre. V. 74, n. 5 (1998), p. 419-422
Assunto Medicina baseada em evidências
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/56212
Arquivos Descrição Formato
000437473.pdf (95.26Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.