Repositório Digital

A- A A+

As Novas ruralidades e as recentes alternativas da agricultura familiar no município de Itapiranga (SC)

.

As Novas ruralidades e as recentes alternativas da agricultura familiar no município de Itapiranga (SC)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título As Novas ruralidades e as recentes alternativas da agricultura familiar no município de Itapiranga (SC)
Autor Rambo, Nestor Francisco
Orientador Medeiros, Rosa Maria Vieira
Data 2012
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geografia.
Assunto Agricultura familiar
Geografia agraria
Itapiranga (SC)
Ruralidade
[en] Family agriculture
[en] Land
[en] Pluriactivity
[en] Rural
[en] Sustainability
Resumo As novas ruralidades estão criando oportunidades de trabalho e renda na agricultura familiar no município de Itapiranga/SC, que merecem ser analisadas. Inúmeras tem sido as iniciativas neste sentido, tais como, sítios de lazer, hortas agroecológicas, piscicultura, reflorestamento, pequenas agroindústrias de peixe e derivados de cana-de-açúcar (melado, açúcar mascavo e “schmier”), turismo rural, feirantes fixos e ambulantes (venda de cucas, pães, bolachas e doces diversos), criação de ovelhas, gado de corte, cavalos de raça e outros, são potencialidades, que passam a ser mais acentuadamente exploradas de uma década prá cá. O espírito empreendedor baseado no associativismo e cooperativismo é característica marcante dos primeiros colonizadores teuto católicos, como sobrevivência, na antiga colônia Porto Novo. Este espírito está impregnado na cultura local até os dias de hoje. Agora, muitas potencialidades que o território oferece estão sendo exploradas e de maneira sustentável. Conhecer as mudanças e a produção no território são de fundamental importância para conhecermos a realidade local. Novas tecnologias são usadas racionalmente para um ambiente menos poluído e agregação de valor às propriedades. O que era um enorme problema ambiental, com tecnologia adequada, pode gerar mais renda e emprego, com a transformação de dejetos de animais e aves em adubo orgânico granulado. Percebe-se no estudo realizado, que a agricultura familiar pode integrar-se com atividades não agrícolas onde a pluriatividade e a multifuncionalidade ganham seu espaço. As novas ruralidades demonstram uma capacidade de gerar empregos, contribuindo para a sucessão hereditária. Socialmente, são importantes as novas ruralidades, por ajudarem a conter o fluxo migratório que assolou o território na década de 1990. Economicamente, percebe-se que as pequenas propriedades agrícolas familiares do município, estão aprendendo cada vez mais ao agregar valor aos seus produtos. Do ponto de vista da saúde e hábitos alimentares, percebe-se no município de Itapiranga/SC, o aumento da ingestão da carne de peixe, devido aos investimentos feitos na piscicultura. As políticas públicas no município de Itapiranga/SC, tem concentrado esforços para ajudar e orientar os pequenos produtores rurais para a produção de formas sustentáveis. As escolas e universidades precisam concentrar mais esforços para esclarecer aos jovens as oportunidades e as potencialidades que o setor agrícola apresenta. A presença atuante das cooperativas locais, demonstram que o associativismo e o cooperativismo são importantes para o sucesso da agricultura familiar e o advento de novas ruralidades. O turismo rural é uma potencialidade que poderá contribuir ainda mais para a sustentabilidade e desenvolvimento local. É preciso na agricultura familiar, preservar e dar novos significados à paisagem e cultura local. Assim, turistas cada vez mais exigentes que tentam conciliar lazer, saúde e realização pessoal, poderão contribuir para a geração de mais renda e emprego na agricultura familiar. Urge, pois que se desenvolvam políticas ainda mais eficientes e perspicazes de modo a estimular o pequeno produtor rural. Não falta conhecimento; faltam mais recursos e mais técnicos para um acompanhamento mais constante junto ao pequeno produtor rural.
Abstract The new rurality is creating job opportunities and income in family farming in the municipality of Itapiranga/SC, which must be analyzed. Have been numerous initiatives in this direction, such as recreation sites, agro-ecological gardening, farming, forestry, fish and small agro-industries derived from cane sugar (molasses, brown sugar and "Schmier"), rural tourism, fairground fixed and street vendors (selling cakes, breads, cookies and various sweets), raising sheep, cattle, race horses and others, are potential which become markedly more exploited than a decade to here. Entrepreneurship based associations and cooperatives is a notable characteristic of the first Teutonic settlers Catholics, as survival in the former colony of Porto Novo. This spirit is ingrained in local culture to this day. Now, many capabilities that the territory are being exploited and provides a sustainable way. Learn about the changes and production in the territory are of fundamental importance to know the local reality. New technologies are used rationally to a cleaner environment and adding value to properties. What was a huge environmental problem, with appropriate technology, can generate more income and employment, with the transformation of bird and animal waste into organic fertilizer granules. It can be seen in the study, that family can be integrated with non-farm activities where the pluri-and multi-functionality make their space. New ruralities demonstrate a capacity to generate jobs, contributing to hereditary succession. Socially, they are important new rurality, for helping to contain the migratory flow that swept the territory in the 1990s. Economically, it is clear that small family farms in the municipality, are learning more and more to add value to their products. From the standpoint of health and eating habits, it can be seen in the city of Itapiranga/SC, increased intake of fish flesh, due to investments in fish farming. Public policies in the municipality of Itapiranga/SC, has concentrated efforts to assist and guide small farmers to produce sustainable ways. Schools and universities need to focus more efforts to explain to young people the opportunities and potential that the agricultural sector presents. The active presence of local cooperatives, demonstrate that the associations and cooperatives are important to the success of family farming and the advent of new rurality. Rural tourism is a potential that can further contribute to the sustainability and local development. It takes on family farms, preserve and give new meanings to the landscape and local culture. Thus, tourists are increasingly demanding that attempt to reconcile leisure, health and personal fulfillment, may contribute to generating more income and employment in family farming. Therefore needs to develop policies that are more effective and insightful to stimulate the small farmer. Not lack knowledge; missing more and more technical resources to a more constant along the small farmer.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/56282
Arquivos Descrição Formato
000860542.pdf (11.09Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.