Repositório Digital

A- A A+

Influência da condilotomia sobre a articulação temporomandibular de coelhos com osteoartrite quimicamente induzida

.

Influência da condilotomia sobre a articulação temporomandibular de coelhos com osteoartrite quimicamente induzida

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Influência da condilotomia sobre a articulação temporomandibular de coelhos com osteoartrite quimicamente induzida
Outro título Influence of condylotomy on temporomandibular joint osteoarthritis of chemically induced rabbits
Autor Artuzi, Felipe Ernesto
Orientador Puricelli, Edela
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Programa de Pós-Graduação em Odontologia.
Assunto Articulacao temporomandibular : Tratamento cirurgico
Cirurgia : Mandibula
[en] Articular cartilage
[en] Mandibular condyle
[en] Osteoarthritis
[en] Osteotomy
Resumo Introdução: A osteoartrite (OA) é caracterizada como sendo uma doença degenerativa das articulações, apresentando uma reação inflamatória de baixo grau. Dependendo da severidade da osteoartrite, os tratamentos podem ser cirúrgicos ou não cirúrgicos. A condilotomia é uma opção de técnica cirúrgica sem interposição articular, em que se realiza uma fratura guiada, a partir de uma osteotomia oblíqua no processo condilar da mandíbula. Após a cirurgia, o côndilo assume uma posição mais anterior e inferior, com recaptura do disco, possibilitando funcionalidade articular e processo de reparo. Proposição: O objetivo do presente trabalho foi avaliar os efeitos da condilotomia nas estruturas teciduais do côndilo da articulação temporomandibular de coelhos portadores de osteoartrite quimicamente induzida. Materiais e métodos: Foram utilizados dois grupos de animais com degeneração de articulação temporomandibular (ATM) quimicamente induzida. O grupo controle (n=15) acompanhou o grupo teste conforme os tempos de morte dos animais. O grupo teste (n=15) foi submetido à fratura cirúrgica guiada do côndilo mandibular, após 40 dias a partir da indução da doença. A análise histológica da superfície do côndilo mandibular foi realizada considerando-se a severidade da osteoartrite, por meio do escore proposto por Pritzker et al. (2006). Realizou-se a quantificação de colágeno tipo I na camada da cartilagem articular por meio da coloração de Picrossírius, sob efeito de luz polarizada. Os animais foram mortos nos tempos de 20, 40 e 60 dias após a cirurgia. Resultados: A severidade da osteoartrite observada na articulação temporomandibular dos animais do grupo teste no tempo de 60 dias foi comparativamente menor em relação ao grupo teste no tempo de 20 dias e ao grupo controle no tempo de 60 dias. Observou-se um grau maior na severidade da OA no grupo teste de 20 dias em comparação ao grupo controle no mesmo tempo avaliado. A quantidade de colágeno tipo I na camada de cartilagem do grupo controle foi menor em relação ao grupo teste, principalmente na região anterior do côndilo mandibular no grupo controle de 60 dias. Conclusão: A condilotomia é uma técnica cirúrgica eficaz na redução da severidade da osteoartrite quimicamente provocada na superfície condilar da ATM de coelhos. O colágeno tipo III, predominante na camada de cartilagem das articulações com osteoartrite, foi substituído por colágeno tipo I, após a realização da condilotomia.
Abstract Background: Osteoarthritis (OA) is a degenerative joint disease, associated with low-grade inflammation. Treatment involves non-surgical and surgical options, depending on the severity of OA. Condylotomy is an alternative procedure that does not require articular interposition, in which an oblique osteotomy of the mandibular condyle is performed to guide the fracture. After surgery, the condyle shifts to an anterior-inferior position, with disk recapture, allowing joint functionality and repair process. Purpose: This study aimed to evaluate the effects of condylotomy on tissue structures of the temporomandibular joint (TMJ) condyle in rabbits with chemically induced OA. Materials and methods: Animals with chemically induced temporomandibular joint (TMJ) degeneration were divided into two groups: control group (n=15), which followed the experimental group as for the time points when deaths occurred; and experimental group (n=15), which underwent surgical fracture guided by osteotomy of the mandibular condyle 40 days after disease induction. Histological analysis of the articular surface of the mandibular condyle was performed considering the severity of OA, using the grading system proposed by Pritzker et al. (2006). The Picrosirius-polarization method was used to quantify type I collagen in the articular cartilage. The animals were killed 20, 40 and 60 days after surgery. Results: The severity of OA in the TMJ of experimental animals at day 60 was comparatively lower than that of experimental animals at day 20 and controls at day 60. Experimental animals showed a higher OA severity grade than controls at day 20. The amount of type I collagen in the articular cartilage of control animals was lower than that of experimental animals, especially in the anterior region of the mandibular condyle of controls at day 60. Conclusion: Condylotomy is an effective surgical technique for reducing the severity of chemically induced OA in the condylar surface of the rabbit TMJ. Type III collagen, which predominates in osteoarthritic articular cartilage, was replaced by type I collagen after condylotomy was performed.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/56460
Arquivos Descrição Formato
000858446.pdf (4.867Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.