Repositório Digital

A- A A+

Utilidade da concentração da elastase-1 fecal monoclonal na avaliação da função pancreática nos pacientes com fibrose cística

.

Utilidade da concentração da elastase-1 fecal monoclonal na avaliação da função pancreática nos pacientes com fibrose cística

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Utilidade da concentração da elastase-1 fecal monoclonal na avaliação da função pancreática nos pacientes com fibrose cística
Outro título Use of monoclonal faecal elastase-1 concentration for pancreatic status assessment in cystic fibrosis patients
Autor Gonzales, Andréa Cristina Silva
Vieira, Sandra Maria Gonçalves
Maurer, Rafael Lucyk
Silva, Fernando Antonio de Abreu e
Silveira, Themis Reverbel da
Resumo Objetivo: Avaliar a concentração da elastase-1 (EL-1) fecal em pacientes pediátricos com fibrose cística, portadores da mutação ΔF508. Métodos: Estudo transversal com amostras colhidas consecutivamente de 51 pacientes com idade entre 4 meses e 17 anos (média 9,11±4,74), sendo 32 (62,8%) pacientes do sexo masculino. Houve coleta de dados clínico-demográficos e do tipo de mutação. A insuficiência pancreática exócrina foi definida pela atividade da EL-1 fecal < 200 μg/g. A quantificação da EL-1 foi realizada pelo método ELISA monoclonal (ScheBo Biotech AG, Germany). A suplementação pancreática foi utilizada em 46 (90,2%) pacientes. Resultados: Quarenta e um (80,4%) pacientes apresentaram insuficiência pancreática (EL-1 fecal < 100 μg/g), sendo 17 (41,5%) homozigotos, 14 heterozigotos (34,1%) e 10 sem ΔF508 (24,4%). Ao considerar a mutação, houve associação estatisticamente significativa entre os homozigotos e a concentração da EL-1 fecal < 100 μg/g (p = 0,010). Todos os pacientes considerados insuficientes pancreáticos (n = 41) pelo teste utilizavam suplemento pancreático. Dez (19,6%) apresentaram EL-1 fecal > 200 μg/g, e 5/10 (50%) utilizavam enzimas. Conclusões: A atividade de EL-1 fecal < 100 μg/g, indicativa de insuficiência pancreática, apresentou-se em 17/17 (100%) dos homozigotos, conforme o esperado, sendo menos frequente nos heterozigotos para ΔF508 e nos pacientes com ausência dessa mutação. Não houve relação entre a concentração da EL-1 fecal com idade e sexo dos pacientes. O teste foi padronizado, é de fácil execução e poderá ser utilizado para avaliação da função pancreática dos pacientes com fibrose cística.
Abstract Objective: To assess the concentration of faecal elastase-1 (EL-1) in pediatric patients with cystic fibrosis with mutation ΔF508. Methods: Cross-sectional study with samples collected consecutively from 51 patients aged 4 months to 17 years old (mean 9.11±4.74); 32 (62.8%) patients were male. Clinical-demographic data were collected, as well as data on the type of mutation. Exocrine pancreatic insufficiency was established by the activity of faecal EL-1 < 200 μg/g. EL-1 was quantified through the monoclonal ELISA method (ScheBo Biotech AG, Germany). Pancreatic supplements were used in 46 (90.2%) patients. Results: Forty-one (80.4%) patients presented with pancreatic insufficiency (EL-1 fecal < 100 μg/g): 17 (41.5%) were homozygous, 14 were heterozygous (34.1%) and 10 were non-ΔF508 (24.4%). Regarding the mutation, there was a statistically significant association of homozygosity with faecal EL-1 concentration < 100 μg/g (p = 0.010). All patients considered to be pancreatic insufficient (n = 41) by the test were using pancreatic supplements. Ten (19.6%) presented faecal EL-1 > 200 μg/g, and 5/10 (50%) used enzymes. Conclusions: The activity of faecal EL-1 < 100 μg/g, indicating pancreatic insufficiency, was observed in 17/17 (100%) of homozygous patients, as expected, and was less frequent in patients who were heterozygous for ΔF508 and in patients without the mutation. There was no association of faecal EL-1 concentration with age and sex of patients. The test was standardized, is easy to execute, and can be used to assess the pancreatic status of patients with cystic fibrosis.
Contido em Jornal de pediatria. Rio de Janeiro. Vol. 87, no. 2 (mar./abr. 2011), p. 157-162
Assunto Elastase pancreática
Fibrose cística
Insuficiência pancreática exócrina
[en] Cystic fibrosis
[en] Exocrine pancreatic insufficiency
[en] Faecal elastase-1
[en] ΔF508
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/56516
Arquivos Descrição Formato
000779122.pdf (288.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir
000779122-02.pdf (264.3Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.