Repositório Digital

A- A A+

Sinfonia fílmica : aproximações entre o discurso cinematográfico e o discurso musical em 'Sal de Prata'

.

Sinfonia fílmica : aproximações entre o discurso cinematográfico e o discurso musical em 'Sal de Prata'

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sinfonia fílmica : aproximações entre o discurso cinematográfico e o discurso musical em 'Sal de Prata'
Autor Lanzoni, Pablo Alberto
Orientador Oliveira, Lizete Dias de
Co-orientador Chaves, Celso Giannetti Loureiro
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação.
Assunto Música
Sal de Prata (Filme)
Trilha sonora
[en] "Sal de Prata‟ (film)
[en] Cinema
[en] Film music
[en] Film symphony
[en] Music
Resumo Esta pesquisa concentra-se na articulação entre o discurso cinematográfico e o discurso musical, a partir da observação de determinado corpus fílmico: „Sal de Prata‟ (2005) de Carlos Gerbase. O filme, organizado através de intertítulos narrativos, cujo conteúdo semântico o remete à estrutura de uma sinfonia, propicia a reflexão acerca das aproximações e das apropriações entre ambas as manifestações. Inicialmente, se discorre acerca da estrutura em música e da estrutura no cinema, em que se insere a montagem e suas apropriações à terminologia musical. Complementam a discussão vieses cinematográficos e alguns exemplos fílmicos, destacados por outros autores sob a ótica de suas aproximações a formas e estruturas musicais. A estas reflexões segue a apresentação do conceito de sinfonia fílmica e de sua aplicabilidade em „Sal de Prata‟. Para tanto, foram considerados as observações oriundas da música pertencente à trilha sonora; a organização de planos; o percurso dramático do corpus em discussão. Encerra o trabalho, um exame das relações entre uma sequência fílmica e a música a ela combinada. A sequência selecionada compreende a única peça musical que pode ser ouvida em sua totalidade em „Sal de Prata‟: Largo do Concerto n. 5 em Fá menor, BWV 1056, de Johann Sebastian Bach, discutido aqui sob o viés retórico-musical. Entre música e cena percebem-se aproximações e concomitâncias referentes às estruturas observadas que são discutidas no pormenor. Esta dissertação concentra-se na reflexão das utilizações multifacetadas da música, no complexo cinematográfico, visando contribuir para a constituição desta área interdisciplinar de estudos.
Abstract This research focuses on the relationship between cinematographic and musical discourses taking as its object the observation of Carlos Gerbase‟s „Sal de Prata‟ (2005) as a film corpus. „Sal de Prata‟ is organized through narrative intertitles that refer to a symphonic structure through their semantic content; they elicit a reflection on the rapprochement and the appropriation between the two events. The thesis discusses the notion of structure in music and movies, including the concept of film editing as it mirrors musical terminology. The discussion is complemented by cinematic biases and film examples which are followed by the introduction of the concept of „film symphony‟ [„sinfonia fílmica‟] as well as its viability as related to „Sal de Prata‟. The soundtrack of the film is discussed, as are its plan organization, its dramatic journey, and the only piece that can be heard in its entirety in the film, the Largo from the Concerto no. 5 in F minor, BWV 1056, by Johann Sebastian Bach. This piece is analyzed under a rhetorical-musical bias and the parallel procedures in film and music are highlighted. This masters‟ thesis aims at a reflection on the multifaceted usage of music in the cinematographic complex, contributing to the construction of this interdisciplinary area of study.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/60369
Arquivos Descrição Formato
000828676.pdf (2.554Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.