Repositório Digital

A- A A+

Dinâmica da pastagem nativa submetida a regimes de distúrbios e sobressemeada com Eragrostis plana nees

.

Dinâmica da pastagem nativa submetida a regimes de distúrbios e sobressemeada com Eragrostis plana nees

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Dinâmica da pastagem nativa submetida a regimes de distúrbios e sobressemeada com Eragrostis plana nees
Outro título Dynamics of native grassland submitted to disturbance regimes and sowed with Eragrostis plana nees
Autor Baggio, Rodrigo
Orientador Medeiros, Renato Borges de
Co-orientador Muller, Sandra Cristina
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Zootecnia.
Assunto Eragrostis plana
Invasão biológica
Pastagem nativa
Resumo Objetivou-se com este trabalho determinar o efeito de regimes de distúrbio sobre os padrões espaciais de cobertura das espécies presentes nas pastagens naturais, atributos funcionais médios das comunidades e a resistência destas à invasão por Eragrostis plana Nees (capim-annoni). O experimento avaliado foi conduzido durante 6 anos (2004-2010), em Dom Pedrito, Rio Grande do Sul, Brasil, numa área de pastagem nativa sem a presença de E. plana. O solo é classificado como Chernossolo Argilúvico Órtico Vértico, unidade de mapeamento Ponche Verde. O delineamento experimental foi em parcelas subdivididas em blocos completos com três repetições. Nas parcelas foram alocados os seguintes tratamentos: a) três regimes de manejo da pastagem: 1) exclusão do pastejo; 2) regimes de pastejo rotativo mantendo a pastagem com resíduo 10cm; e 3) contínuo; e nas subparcelas: b) níveis iniciais de distúrbio: 1) pastagem inicialmente alta (±10 cm); 2) inicialmente baixa (±5 cm); e 3) inicialmente baixa (±5 cm) com escarificação do solo. A combinação dos dois fatores resultou em nove condições ambientais diferentes. Todas as subparcelas receberam duas semeaduras de 2 kg/ha de E. plana nos dois primeiros anos. Nas subparcelas com pastagem inicialmente baixa e inicialmente baixa escarificada também semeou-se Trifolium repens L (2 kg/ha), Lotus corniculatus L. (6 kg/ha) e Lolium multiflorum (25 kg/ha). Foram realizados oito levantamentos da composição de espécies com estimativas visuais da cobertura em 81 quadros de 0,5 x 0,5 m. Os resultados indicaram que os regimes de manejo modificaram a dinâmica e a composição funcional das comunidades. Aquelas submetidas ao nível de distúrbio da pastagem inicialmente baixa com escarificação, apresentaram maior cobertura de E. plana. A manutenção de maior altura da pastagem, proporcionada pelos regimes de pastejo rotativo e exclusão ao pastejo, favoreceram espécies C4, graminóides e espécies de baixa área foliar específica. Desse modo, a combinação destes tratamentos minimizou a sucetibilidade da pastagem nativa à invasão por E. plana. Os resultados revelam que a capacidade das comunidades de repelir E. plana, resulta da presença de espécies nativas com maior similaridade de nicho com esta invasora.
Abstract The objective of this study was evaluate the effect of disturbance regimes under the spatial patterns of species cover present in natural grasslands, the functional trait averages on the community and their invasion resistance to Eragrostis plana Nees. The experiment was carried out during 6 years (2004 -2010), in Dom Pedrito, Rio Grande do Sul State, Brazil, in an area free of E. plana. The soil is classified as Chernossolo Argilúvico Órtico Vértico. The experimental design was split-plot type in complite blocks with tree replications. In the plots were allocated the following treatments: a) tree natural pasture regimes: 1) exclusion; 2) rotational grazing keeping the pasture higth residue 10cm; and 3) continuous grazing; and on the split-plots: b) initial levels of soil disturbance: 1) pasture heigh 10 cm t; 2) low pasture height ± 5 cm; and 3) low pasture height with scarified soil. The combination of the treatments resulted in nine different environmental conditions. Every split-plot was sowed with 2 kg/ha of E. plana in two years in a row. The split-plots with low pasture heigh and low pasture heigh with scarified soil were sowed with three winter cultivated species: Trifolium repens L. (2 kg/ha), Lotus corniculatus L. (6 kg/ha) and Lolium multiflorum Lam. (25 kg/ha). Eight species composition surveying with visual cover estimate were realized in 81 squares of 05 x 0.5 m. The results showed that pasture management regimes changed the dynamics and the functional composition of the communities. The ones submitted to pasture low initially disturbance and] pasture low initially disturbance with soil scarification showed higher cover of E. plana. The maintenance of higher grassland height proporcionated by rotational grazing regime and grazing exclusion regime favored the C4 species, graminoids and species with low leaf especific area. In reason of that, the combination of these treatments reduced the succetibility of pasture to be invaded by E. plana. These results reveal that the community characteristics minimized the natural grassland invasion by E. plana. The results also show that the capacity of the communities to repel E. plana, results from the presence of native species with more niche similarity between the invader with the native ones.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/60496
Arquivos Descrição Formato
000854206.pdf (1.553Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.