Repositório Digital

A- A A+

Compatibilidade de Trichoderma spp. a princípios ativos de fungicidas comerciais aplicados na cultura do feijão

.

Compatibilidade de Trichoderma spp. a princípios ativos de fungicidas comerciais aplicados na cultura do feijão

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Compatibilidade de Trichoderma spp. a princípios ativos de fungicidas comerciais aplicados na cultura do feijão
Outro título Compatibility of Trichoderma spp. to active ingredients of commercial fungicides applied in bean culture
Autor Ribas, Priscila Pauly
Orientador Matsumura, Aida Terezinha Santos
Co-orientador Oliveira, Andreia Mara Rotta de
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia.
Assunto Controle biologico
Controle químico
Doença de planta
Feijao
Fungicida
Fungo
Resumo O uso de fungicidas representa um dos principais métodos de controle de doenças em plantas, entretanto, o uso de produtos químicos causa impactos no meio ambiente e na saúde humana. O uso do controle integrado é uma alternativa ao uso desses produtos. A implementação dessa prática requer cuidado, já que os agentes de controle biológico podem ser afetados pelos produtos químicos. O trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar o efeito de princípios ativos captana, carbendazim, fluazinam, iprodiona e tiofanato metílico sobre o fungo antagonista, Trichoderma spp. (Trichoderma harzianum TH11, Trichoderma viride TV21 e Trichoderma sp. T04, T16 e T20). Foram analisados os parâmetros crescimento vegetativo, esporulação, confronto direto, produção de metabólitos voláteis, produção de enzimas e sideróforos em meio de cultura suplementado com cada princípio ativo. Os princípios ativos carbendazim, fluazinam e iprodione mostraramse muito tóxicos aos isolados testados, em todas as concentrações. O princípio ativo captana mostrou-se moderadamente tóxico ao isolado T04 e tóxico ao isolado TV21 na concentração 120 g/L. Para os demais isolados e concentrações captana foi compatível. O princípio ativo tiofanato metílico também foi compatível em todas as concentrações para os isolados T04, T16, T20 e TV21. A concentração de 2800 g/kg desse princípio ativo foi moderadamente tóxica ao isolado TH11. As demais concentrações de tiofanato metílico foram compatíveis com esse isolado. Não é possível definir o efeito de captana, carbendazim, fluazinam e iprodiona sobre o confronto direto dos isolados testados e o patógeno, já tiofanato metílico não interfere na ação dos isolados. A produção de metabólitos voláteis é afetada pelos princípios ativos captana, carbendazim, iprodiona e tiofanato metílico. Com fluazinam, o desenvolvimento do patógeno foi menor devido a ação dos metabólitos voláteis, entretanto não é possível definir se a ação é sinérgica ou apenas provocada pelo produto químico. Todos os isolados produziram enzimas e sideróforos. Os princípios ativos impediram a detecção da produção de enzimas. Captana inibiu a produção de sideróforos. Dessa forma, é necessária a realização de testes de compatibilidade entre princípios ativos e agentes de controle biológico antes de sua aplicação no campo para controle integrado de doenças de plantas.
Abstract The use of fungicides is one of the main methods of plant disease control, however, these chemicals cause impacts on the environment and on human health. The use of integrated control is an alternative to the use of these products. The implementation of this practice requires caution as the biological control agents can be affected by the chemical products. The aim of this work was to evaluate the effects of active ingredients captan, carbendazim, fluazinam, iprodione and thiophanate-methyl on Trichoderma spp. isolates (Trichoderma harzianum TH11, Trichoderma viride TV21 and Trichoderma sp. T04, T16 and T20). Samples were analyzed for vegetative growth, sporulation, direct confrontation, volatiles metabolites production, enzymes and siderophores production in culture medium supplemented with each active ingredient. The active ingredients carbendazim, fluazinam and iprodione were very toxic to isolates at all concentrations. The active ingredient captan was moderately toxic to T04 and toxic to TV21 isolates in 120 g/L of concentration. For other isolates and captan concentrations was compatible. The active ingredient thiophanate-methyl was also compatible at all concentrations for isolates T04, T16, T20 and TV21. The concentration of 2800 g/kg of this active ingredientc was moderately toxic to TH11. The remaining concentrations of thiophanate-methyl was compatible with this isolate. Can not define the effect of captan, carbendazim, iprodione and fluazinam in direct confrontation of the isolates and pathogens, just tiophanate-methyl does not affect the action of isolates. The prodution of volatiles metabolites is affected by the active ingredients captan, carbendazim, iprodione and thiophanate-methyl. With fluazinam, the development of the pathogen was reduced by the action of volatiles metabolites, however is not possible to define if the action is synergistic or merely caused by the chemical product. All isolates produced enzymes and siderophores. The ingredient actives prevented the enzyme production detection. Captan inhibited the siderophores production. Thus, with this work it was possible to verify the need of compatibility tests between active ingredients and biological control agents before their implementation at the field level for the integrated control of plant diseases.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/60522
Arquivos Descrição Formato
000860089.pdf (693.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.