Repositório Digital

A- A A+

Compreensão sociológica de prática pedagógica de matemática : um olhar a partir de Basil Bernstein

.

Compreensão sociológica de prática pedagógica de matemática : um olhar a partir de Basil Bernstein

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Compreensão sociológica de prática pedagógica de matemática : um olhar a partir de Basil Bernstein
Autor Buffe, Ana Lúcia Pires
Orientador Veit, Maria Helena Degani
Data 2005
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Bernstein, Basil, 1924-2000
Brasil
Currículo
Discurso pedagógico
Ensino
Ensino fundamental
Ensino fundamental
Ensino público
Legislação do ensino
Matemática
Mulher
Prática pedagógica
Professor
Rio Grande do Sul
Resumo O presente estudo busca investigar como duas professoras de Matemática – uma delas trabalhando com duas turmas – da rede estadual de ensino do Rio Grande do Sul definem seus currículos e realizam suas práticas pedagógicas comparando as mesmas quanto ao melhor desempenho dos alunos, nesta disciplina. A metodologia qualitativa orientou o desenvolvimento deste trabalho, realizando-se a coleta de dados através de observação participante das aulas e das entrevistas semi - estruturadas com as professoras. O referencial teórico fundamenta-se em Basil Bernstein que possibilitou a análise do currículo, da pedagogia e da avaliação de Matemática da sexta série do ensino fundamental. Tomou-se como definições operacionais das práticas pedagógicas, os estudos de Morais et al., 1993. Nos contextos educacionais investigados, predominaram classificações fortes quanto ao currículo de Matemática. As práticas pedagógicas, quanto ao discurso instrucional, manifestaram-se com forte controle das professoras nas dimensões seleção do conhecimento e critérios de avaliação; nas dimensões seqüência e ritmagem houve variação na força do controle das mesmas. Quanto ao discurso regulador, as professoras assumiram posturas diferentes em relação às regras hierárquicas. Foi considerado o contexto educacional mais efetivo o da Turma B1 da Professora B pelo desempenho dos alunos novos e repetentes e pela voz dada aos alunos no processo de transmissão – aquisição.
Abstract This study aims to investigate how two Mathematic teachers – one of them teaching two classes – from the Rio Grande do Sul public educational system define their curricula and perform their pedagogical practice comparing them as to the students’ best performance in this subject. The qualitative methodology guided the development of this work, data being collected through participant observation of the classes and half-structured interviews with teachers. The theoretical foundation is based on Basil Bernstein who opened the possibility of analysing the curriculum, the pedagogy and the evaluation of sixth grade in elementary school. Morais et al.’ studies, 1993, were taken as source of the operational definitions of the pedagogical pratices. Strong classifications as to the curriculum of Mathematics predominated in the educational contexts investigated, The pedagogical practice, as to the instructional discourse, disclosed strong teachers’ control in the dimensions of selection of knowledge and criteria of evaluation; in the dimensions of sequencing and pacing there was variation in the strength of control . About the regulative discourse, the teachers have assumed different positions concerning the hierarchical rules. Group B1 of Teacher B was considered the most effective educational context considering new and repeater students’ performance and also due to the voice given to the students in the transmission–acquisition process.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/60534
Arquivos Descrição Formato
000501761.pdf (495.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.