Repositório Digital

A- A A+

Ecologia comportamental e diversidade em um sistema hospedeiro-parasitóide : vespas parasitóides de Schismatodiplosis lantanae Rübsaamen, 1916 (Cecidomyiidae) em Lantana camara L. (Verbenaceae)

.

Ecologia comportamental e diversidade em um sistema hospedeiro-parasitóide : vespas parasitóides de Schismatodiplosis lantanae Rübsaamen, 1916 (Cecidomyiidae) em Lantana camara L. (Verbenaceae)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Ecologia comportamental e diversidade em um sistema hospedeiro-parasitóide : vespas parasitóides de Schismatodiplosis lantanae Rübsaamen, 1916 (Cecidomyiidae) em Lantana camara L. (Verbenaceae)
Autor Dell'Aglio, Denise Dalbosco
Orientador Mendonca Junior, Milton de Souza
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Programa de Pós-Graduação em Ecologia.
Assunto Comportamento animal
Lantana camara
Parasita : Hospedeiro : Relacao
Vespas
[en] Behavior
[en] Conflicts
[en] Galls
[en] Host-parasitoid cycle
Resumo Este estudo investigou a ecologia de vespas parasitóides ocorrentes em galhadores Schismatodiplosis lantanae Rübsaamen, 1916 (Cecidomyiidae) em folhas de Lantana camara L. (Verbenaceae). Dessa forma, o primeiro artigo trata da ecologia comportamental da vespa parasitóide Torymus sp. (Torymidae, Hymenoptera), onde foi avaliado como as fêmeas dessa espécie defendem seu recurso de oviposição no hospedeiro. Foi analisado mudanças no comportamento devido à presença de outra fêmea coespecífica no local, ser residente do recurso, tamanho das vespas e número e tamanho das galhas através de filmagens dos experimentos realizados em laboratório. Com esse trabalho observou-se que fêmeas mudam seu comportamento quando estão na presença de um competidor em um território com hospedeiros. A estratégia de ataque foi através da ameaça, na qual suas antenas e asas são levantadas para expulsar o competidor do local. A probabilidade de haver ataques a fêmeas coespecíficas depende do tempo prévio de exploração da galha e da permanência na folha. O interesse no hospedeiro pelas invasoras foi a principal causa de conflitos com a residente. O segundo artigo trata da diversidade de vespas parasitóides e de um ciclo parasita-hospedeiro observado no período de um ano no sistema de L. camara. Foram encontradas nove espécies de vespas parasitóides, divididas em quatro famílias. Ocorreu um ciclo no parasitismo das espécies de vespas sobre seu hospedeiro no ano amostrado, podendo ser observado que são mais elevadas nos meses de Julho a Janeiro e a sobrevivência do hospedeiro foi maior nos meses de Fevereiro a Maio. As estratégias comportamentais de fêmeas de uma vespa parasitóide em relação a seus hospedeiros foram analisadas, bem como um sistema composto de diversas espécies parasitóides e sua variação no tempo. Estas observações podem contribuir para um melhor entendimento da ecologia comportamental e do padrão temporal das vespas parasitoides, e também para futuros programas de controle biológico mais eficientes.
Abstract We investigated the ecology of parasitoid wasps attacking Schismatodiplosis lantanae Rübsaamen, 1916 (Cecidomyiidae) galls on leaves of Lantana camara L. (Verbenaceae). The first article discusses the behavioral ecology of the parasitoid wasp Torymus sp. (Torymidae, Hymenoptera), reporting how their females defend oviposition resources on the hosts, changing their behavior due to the presence of a conspecific female in the patch. The identity of the wasp (resident or intruder) on the resource, female size and number and size of galls in the patch were factors studied through analysis of the behaviors revealed by video recordings of the laboratory experiments. Females change their behavior in the presence of a competitor in a territory with hosts. The strategy was to threat, raising their antennae and wings to expel the competitor of the patch. The probability of an attack on a conspecific females depended on the host exploitation time and time spent on the galled leaf. Interest in host by intruders was the main cause for conflicts. The second article reports the diversity of parasitoid wasps and a host-parasite cycle during one year period in the L. camara leaf galls system. Nine parasitoid wasp species were found, divided in four families. A cycle between parasitism and host survival was found during the sampling period. Wasp species are more abundant from July to January and host survival higher from February to May. Behavioral strategies of parasitoid wasp females toward their hosts and conspecifics have been elucidated, with the system composed of different parasitoid wasp species apparently going through an annual cycle of parasitism rate. These observations may contribute to a better understanding of parasitoid behavioral ecology and host-parasitoid dynamics, enabling more efficient future biological control programs.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/60549
Arquivos Descrição Formato
000855195.pdf (2.922Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.