Repositório Digital

A- A A+

Variáveis urbanas na estruturação de assembleia de aves

.

Variáveis urbanas na estruturação de assembleia de aves

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Variáveis urbanas na estruturação de assembleia de aves
Autor Sacco, Anne Gomes
Orientador Hartz, Sandra Maria
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Programa de Pós-Graduação em Ecologia.
Assunto Aves
Avifauna
Urbanização
[en] Avifauna
[en] Functional diversity
[en] Humid areas
[en] Pampa biome
[en] Urbanization
Resumo A organização espacial de uma cidade e a maneira como a infra-estrutura para atender as necessidades da população humana está disposta, impõe diferentes efeitos na estruturação de assembleias. Este estudo avaliou como as características de um ambiente urbano e as diferentes intensidades de urbanização atuam na estruturação da avifauna. Verificando as respostas relacionadas às métricas tradicionais como riqueza, abundância e composição taxonômica; além dos os efeitos da urbanização sobre a diversidade funcional (DF) e na composição funcional. A DF foi calculada a partir da entropia quadrática de Rao e os atributos funcionais utilizados para caracterizar as espécies foram os relacionados à massa, dieta, substrato de forrageamento e substrato de nidificação. A área urbana estuda é a cidade de Pelotas, extremo sul do Brasil e está inserida em uma área úmida do bioma Pampa. A amostragem das aves e a medida das variáveis urbanas (número de árvores, número de construções de até dois andares ou de mais de dois andares, presença de ambiente aquático e presença de ambiente aberto) foram realizadas em 216 pontos fixos de observação que foram marcados em diferentes intensidades de urbanização. O método utilizado para a amostragem das aves foi o ponto fixo de observação com raio de 50 m e um tempo de permanência de oito minutos. A distância entre um ponto e outro foi de 200 m a fim de evitar a autocorrelação espacial. Foi possível observar além de um gradiente de intensidade de urbanização um gradiente relacionado às áreas úmidas. O aumento da intensidade de urbanização diminuiu a riqueza, a abundância e a diversidade funcional. Porém, o gradiente relacionado às áreas úmidas não exerceu influência nestas variáveis. O aumento no número de construções diminuiu a riqueza e a abundância e o número de árvores e a presença de ambiente aquático e de ambiente aberto aumentaram a riqueza e a abundância. Foi possível observar que os atributos relacionados à áreas com urbanização mais intensa, com contruções de até dois andares e de mais de dois andares foram: preferência por forrageamento no ar, onivoria e ninhos em cavidades. Os atributos que são relacionados à áreas com menor intensidade de urbanização e com áreas úmidas foram: preferência de forrageamento na água e de ninhos sobre a água. Os atributos relacionados à menores intensidades de urbanização, com maior número de árvores e maior presença de ambientes abertos foram: preferência por ninhos em vegetação, em locais baixos e no solo e carnivoria. Neste estudo mostrou a importância de características que em geral não são citadas para outras áreas urbanas, como presença de ambientes abertos e de ambientes aquáticos, evidenciando que dependendo do pool regional de espécies, os habitat urbanos prioritários para medidas mitigadoras podem se modificar.
Abstract Spatial organization of a city and the way how infrastructure is organized to attend human population needs, imposes different effects on the organization of assemblies. This study evaluated how the characteristics of an urban environment and the different intensities of urbanization act in avifauna organization. We verified the responses related to traditional metrics, such as species richness, abundance and taxonomic composition, besides the effects of urbanization on functional diversity (FD) and on functional composition. FD was calculated from Rao‘s quadratic entropy and functional traits used to characterize the species were the ones related to mass, diet, foraging substrate and nesting substrate. The urban area studied was the city of Pelotas, southern Brazil, inserted in a humid area of the Pampa biome. Birds‘ sampling and collection of urban variables (number of trees, number of buildings up to two floors or of more than two floors, presence of aquatic environment and presence of open environment) were carried out in 216 fixed points of observation, placed at different urbanization intensities. We used the method of fixed points of observation to sample the birds, with radius of 50 m and eight minutes of observation. The distance between one point and other was of 200 m, in order to avoid spatial autocorrelation. It was possible to note not only a gradient of urbanization intensity, but also a gradient related to humid areas. The increase of urbanization intensity decreased species richness, abundance and functional diversity. However, the gradient related to the humid areas had no influence on these variables. The increase in number of buildings decreased species richness and abundance, while the number of trees, presence of aquatic environments and open environments increased species richness and abundance. It was possible to note that traits related to areas with more intense urbanization, with buildings up to two floors and with more than two floors were: preference to foraging in the air, omnivory and nests in cavities. Traits related to areas with lower urbanization intensity and with humid areas were: preference to foraging in the water and nests over the water. Traits related to lower intensities of urbanization, with lower number of trees and higher number of grasslands were: preference to nests in vegetation, in lower places and in the ground and carnivory. This study showed the importance of characteristics that are not usually mentioned to other urban areas, as the presence of open environments and aquatic environments, evidencing that depending on the regional species pool, the urban habitats for priority mitigation measures may change.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/60562
Arquivos Descrição Formato
000862135.pdf (1.139Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.