Repositório Digital

A- A A+

Dados histopatológicos e sobrevida em adenocarcinomas da ampola de Vater

.

Dados histopatológicos e sobrevida em adenocarcinomas da ampola de Vater

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Dados histopatológicos e sobrevida em adenocarcinomas da ampola de Vater
Autor Vilhordo, Daniel Weiss
Orientador Osvaldt, Alessandro Bersch
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Cirúrgicas.
Assunto Adenocarcinoma
Ampola hepatopancreática
Excisão de linfonodo
Imunoistoquímica
[en] Bile ducts
[en] Biliary tract
[en] Biliary tract diseases
[en] Biliary tract neoplasm
[en] Extrahepatic
[en] Major duodenal papilla
[en] Surgical procedure
Resumo Introdução / Objetivos: O prognóstico do adenocarcinoma ampular pode ser influenciado por fatores como estadiamento e variáveis histopatológicas, como o padrão intestinal ou pancreatobiliar. O diagnóstico do padrão histopatológico pode ser auxiliado pela expressão de citoqueratinas, CK, 7 e 20 e do gene homeobox CDX2. O objetivo do estudo foi analisar associações entre características histopatológicas e sobrevida, e entre padrão histopatológico e expressão de CK7, CK20 e CDX2. Método: Estudo de coorte retrospectivo desenvolvido no Hospital de Clínicas de Porto Alegre entre 2000 e 2011. Foram avaliados dados histopatológicos, estadiamento pTNM, padrão histopatológico e expressão imunoistoquímica e sobrevida. Resultados: A amostra constou de 65 carcinomas ampulares (n = 65). Foi observado padrão intestinal em 46, pancreatobiliar em 16 e outros em três. Sobrevida em cinco anos após duodenopancreatectomia (n = 47) foi de 27%. Associaram-se à menor sobrevida na análise univariada: dois ou mais linfonodos metastáticos, razão de linfonodos, RL, maior ou igual a 20%; estágio IIB em relação a inferiores; tumor de alto grau; invasão linfovascular. Na análise multivariada, metástase linfonodal e RL ≥ 20% influenciaram sobrevida. Conclusões: O pior prognóstico foi associado à metástase linfonodal. Não foi observada associação entre padrão histopatológico e expressão imunoistoquímica.
Abstract Background / Objectives: The prognosis of patients with ampullary adenocarcinomas can be influenced by such factors as pTNM stage and histopathological variables, such as intestinal or pancreatobiliary patterns. The characterization of these patterns can be facilitated by the expression of cytokeratins 7 (CK7) and 20 (CK20) and caudal-related homeobox gene 2 (CDX2). The aim of the present study was to analyze the association between the histopathological characteristics and the survival of patients with ampullary adenocarcinomas, as well as the association between the histopathological patterns and CK7, CK20 and CDX2 expression. Methods: This retrospective cohort study was performed at the Clinics Hospital of Porto Alegre between 2000 and 2011 and examined the histopathological data, pTNM stage, histopathological patterns, immunohistochemical expression patterns and survival of patients with ampullary adenocarcinomas. Results: The sample patient population consisted of 65 ampullary carcinomas. Of these carcinoma samples, an intestinal pattern was observed for 46, a pancreatobiliary pattern was observed for 16 and other patterns were observed 3 of the samples. The 5-year survival rate for patients following pancreaticoduodenectomy (n = 47) was 27%. From the univariate analysis, the following variables were associated with shorter survival times: the presence of 2 or more metastatic lymph nodes; positive lymph node ratio (LR) ≥ 20%; stage IIB or greater; high-grade tumors; and lymphovascular invasion. From the multivariate analysis, lymph node metastases and a LR ≥ 20% were shown to influence survival significantly. Conclusions: Lymph node metastases were associated with poor patient prognoses, although no association was found between the histopathological pattern and immunohistochemical expression.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/60750
Arquivos Descrição Formato
000863112.pdf (2.236Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.