Repositório Digital

A- A A+

Propriedades mecânicas de blenda polimérica de Poli (ácido láctico- co- glicólico) (PLGA)/Poli (isopreno) (IR)

.

Propriedades mecânicas de blenda polimérica de Poli (ácido láctico- co- glicólico) (PLGA)/Poli (isopreno) (IR)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Propriedades mecânicas de blenda polimérica de Poli (ácido láctico- co- glicólico) (PLGA)/Poli (isopreno) (IR)
Outro título Mechanical properties blends of poly (lactide-co-glycolide) (PLGA) / poly (isoprene) (IR)
Autor Senisse, Carolina Alves de Lima
Orientador Santos, Luis Alberto dos
Co-orientador Marques, Douglas Ramos
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia de Materiais.
Assunto Engenharia de materiais
[en] Bioabsorbable
[en] Biomaterial
[en] Poly (isoprene)
Resumo Devido à busca incansável do homem por padrões superiores de vida e longevidade, há uma maior necessidade do desenvolvimento de novas técnicas cirúrgicas, tratamentos de patologias e novos materiais para suprir as necessidades requeridas priorizando a saúde. Dentre esses novos materiais encontram-se os biomateriais. Um dos biomateriais desenvolvidos por cientistas e pesquisadores para proporcionar uma melhoria na saúde, aumento no bem estar e um progresso na qualidade de vida das pessoas são os stents. Entre as vantagens do uso de tais materiais estão a versatilidade e boa aplicabilidade. Apesar disso, ainda os mesmos apresentam certas limitações. Devido a essas barreiras existe uma busca por materiais e formatos que melhorem o desempenho do stent aplicado a certas áreas da medicina. O presente estudo buscou verificar, através de ensaios mecânicos (ensaio de tração e de dureza), a influência da quantidade de Poli (isopreno), em blenda polimérica de Poli (ácido láctico – co- glicólico) para posterior confecção de stents broncotraqueais. Depois da realização dos ensaios pode-se concluir que a quantidade de Poli (isopreno) não influencia, significativamente, nos valores de dureza do PLGA. Por outro lado, o IR influencia beneficamente nos valores de tenacidade, resistência a tração na ruptura e alongamento na ruptura na blenda polimérica.
Abstract Due to the constant pursuit of man for a higher standard of life and longevity, there is a greater need to develop new surgical techniques, treatments for diseases and new materials to meet the needs required prioritizing health. Among those new materials are biomaterials. One of the biomaterials designed by scientists and researchers to provide better health, increased well-being and better quality of life is called stent. Among the advantages of the use of such materials are good versatility and applicability. However, they still have some limitations. Because of those barriers, there is a search for materials and formats that improve the performance of the stent applied to certain areas of medicine. The present study sought to verify, through mechanical testing (tensile test and hardness), the influence of the amount of poly (isoprene) in polymer blend of poly(lactide - co-glycolide) (PLGA) on the confection of bronchtracheais stents. After the tests, we can conclude that the amount of poly (isoprene) does not influence significantly the hardness of PLGA. On the other hand, the IR has a beneficial influence on the values of toughness, tensile strength at break and elongation at break in the polymer blend.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/60985
Arquivos Descrição Formato
000765473.pdf (1.210Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.